A Posse nos Relacionamentos

a 4301460921440_176553695_n

Muitos de vocês confundem posse como demonstração de amor.

Parece-lhes lógico querer para si tudo que amam, garantir o amor para o futuro !

É como um lindo pássaro em uma gaiola, se você acha o pássaro muito bonito, acha natural tê-lo sempre a sua disposição para ver e escutar o seu canto. Mas já parou para pensar na felicidade do pássaro ?

Mesmo que não se preocupe com a felicidade do pássaro. Você está realmente sendo feliz em tê-lo a sua disposição ? Você não está livre, não está vivendo plenamente este momento porque precisa se preocupar em manter a gaiola. Sua felicidade depende da gaiola, se a gaiola não existir e o pássaro se for, você será infeliz. Será infeliz e nunca terá sido realmente feliz, porque sua felicidade estará sempre projetada no futuro. Terá ficado sempre preocupado em manter a gaiola, sem nunca ter tido tempo de admirar verdadeiramente aquele pássaro.

Amar verdadeiramente uma pessoa é amá-la na sua essência, na sua manifestação, é ficar feliz ao vê-la feliz e também estar livre para sentir o amor. A felicidade só é possível com a liberdade, a liberdade de se manifestar e de sentir. Amar e querer o outro sempre ao seu lado não é amar ao outro, mas apenas querer garantir este amor para o futuro. Não estará nem conseguindo amar verdadeiramente, estará apenas mantendo sua posse.

Está querendo apenas satisfazer o seu ego sem se preocupar com a felicidade do outro. Amar é amar a felicidade do outro, porque só assim poderá observá-lo em sua manifestação plena.

Este é o amor incondicional, é amar porque amar faz bem a si mesmo, saber disto e se contentar com isto, sem querer aprisionar o objeto do seu amor.  É ter a liberdade de sentir o amor agora sem se preocupar com o amanhã. É celebrar este momento. O contrário é como colher uma flor que achou bonita e vê-la secar em suas mãos.

Esta tentativa de garantir o outro ao seu lado é a insegurança com relação ao futuro, que é incutida em suas mentes desde que nascem.

É natural que ajam assim, foram condicionados a isto, foram programados por este sistema desde que nasceram. Mas não é o melhor, porque isto leva ao sofrimento. Esta ansiedade com relação ao futuro é o grande mal de sua sociedade, vocês não vivem, apenas passam o tempo.

Vocês vivem pelo futuro e esquecem de viver o agora. Vivem com medo, querendo acumular tudo que gostam para o dia de amanhã.

Mas o amor não se armazena. O amor se cultiva a cada dia.
O amor não se guarda, o amor se consome no agora.
O amor só se manifesta na liberdade !

O amor é o grande dilema da sua sociedade, porque ele desafia a lógica do seu sistema. Não se enquadra nela porque não pode ser armazenado para o futuro, precisa ser consumido instantaneamente, precisa ser celebrado. É por isso que sua sociedade não tem amor. Vocês não vivem o presente, não enxergam o amor de agora, e não podem guardá-lo para amanhã !

Vocês continuam querendo garantir a posse do amor. Pensam que se não agirem assim estarão abrindo mão do amor. Acham que isto não é amor. Onde já se viu amar alguém, deixá-la livre, e correr o risco dela se apaixonar por outro !

Vocês podem cercar o objeto de seu amor, vigiar e controlar. Talvez até consigam manter esta pessoa sempre ao seu lado. Seu ego vai ficar muito feliz, você terá realmente conquistado a posse do bem que ama e poderá ostentá-la ao outros para que vejam o seu sucesso. Mas isto é amor ? O que você tem ao seu lado ? A que custo você mantém a sua posse ?

Você está apenas acumulando sofrimento. Nenhum dos dois está vivendo sua plenitude. Estão apenas passando o tempo juntos. O que os une é apenas o medo do futuro. É apenas a ansiedade. Vivem por um futuro medíocre igual ao seu presente medíocre. São dois mendigos na porta do Paraíso !

através de Prama Shanti

(sobre a autoria …)

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

Anúncios

9 comentários em “A Posse nos Relacionamentos”

  1. Maravilhosas verdades!

    A Posse nos Relacionamentos

    Mas o amor não se armazena…precisa ser consumido instantaneamente,”
    “…você terá realmente conquistado a posse do bem que ama e poderá ostentá-la…”
    “Nenhum dos dois está vivendo sua plenitude. Estão apenas passando o tempo juntos.”
    “Vivem por um futuro medíocre igual ao seu presente medíocre.
    São dois mendigos na porta do Paraíso !”

    Vestígios da Sansara, da terceira dimensão. O amor incondicional é aprendizado bastante difícil, mas treinável. Quando disseste que o amor tem de ser doado porque faz bem, porque temô-lo em excesso, que é forma de aliviar amor em nós, é por que temos consciência disto e fazemos uso, sabedoria, e isto é para poucos, senão raros, fica claro, a dificuldade deste entendimento. Vimos do advento da luxúria, onde a posse, além de grotesca é brutal, através de um masculino dominante. Há de se convir, a fragilidade ainda, do amor incondicional, que só o tempo, o conhecimento, a consciência, a sabedoria, caminhos de aprendizado, nos ensinam! Amor sem posse exige ausência de egos e desapego total.

    Gratidão!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s