Mendigos à Porta do Paraíso

905d0b8b322f345d0dd5395e135859c5.jpg

Vocês são seres transdutores de energia, recebem o magmaísmo da Terra e a energia Chi do Sol. A energia Chi solar quando atua na sua atmosfera, cria o Prana que vocês respiram e lhes dá a vitalidade. Seu chacra mais inferior, localizado abaixo do chacra básico recebe o magmaísmo, este chacra é composto apenas desta energia. Esta energia ascende e encontra o chacra básico, fundindo-se com a energia Chi proveniente dos chacras superiores. Desta fusão forma-se a kundalini, que percorre a região de sua coluna vertebral.  Pelo outro lado, o chacra superior, acima do coronário, recebe a energia Chi que desce ao chacra coronário fundindo-se com a corrente ascendente do Kundalini. Estas duas energias fundem-se e descem pela coluna vertebral até o chacra básico, voltando a ascender e criando uma circulação energética na região da coluna vertebral.

Na ascensão da kundalini, cada chacra interage retirando e incluindo outras energias, conforme seu estado, e alimentando o respectivo corpo. Cada chacra tem o seu corpo, que é alimentado pelo seu chacra. O primeiro chacra nos liga ao corpo de Gaia, o nono chacra nos liga ao corpo Universal, do qual somos feitos. Os 7 chacras intermediários nos ligam aos seus respectivos corpos. Todos eles existem desde o nascimento, mas vão sendo ativados com o tempo, e de acordo com o nosso desenvolvimento.

Na medida em que são ativados, colorem mais o kundalini circulante com suas cores e influenciam todo o nosso Ser. Se todos os corpos estivessem desativados, a kundalini circulante seria apenas a fusão do magmaísmo com a energia Chi. Não teríamos personalidade, esta energia seria apenas a fusão simples da Terra e do Sol, sem nada relativo ao nosso ser. Apenas viveríamos, sem nenhuma consciência.

À medida que os chacras e os corpos vão sendo ativados, a ligação com nosso ser superior vai se formando e vamos adquirindo consciência de nós mesmos. A energia circulante passa a ser nossa energia pessoal, colorida com nossas características, e nosso corpo vai se moldando e respondendo às ordens do nosso Ser.

Cada chacra que se desenvolve, auxilia o desenvolvimento do chacra seguinte. Assim, todos podem desenvolver-se simultaneamente, mas o desenvolvimento completo de um chacra só é possível após o desenvolvimento completo – a abertura do chacra anterior.

A abertura de um chacra só acontece após a conscientização plena de todos os aspectos relativos àquele chacra. É necessário um salto de consciência, precisamos ultrapassar, superar e nos desligar dos conceitos relativos àquele chacra.

O primeiro dos nove chacras é aberto automaticamente quando nascemos, e nos fornece a capacidade de sobreviver.

O chacra seguinte – o básico carrega nossos sentimentos mais básicos de sobrevivência e nos iguala a todos os animais. Muitos destes sentimentos são pessoais e egoísticos e estão ligados a nossa sobrevivência individual. Outro sentimento – o Sexo está ligado a nossa sobrevivência como espécie e traz com ele o lado do relacionamento em busca de um par para acasalamento. A abertura completa deste chacra só acontece após a superação completa destes conceitos. Precisamos superá-los, sem negá-los. Qualquer tentativa de negação leva a conflitos internos que desgastam nossa energia e desviam nosso foco, impedindo outros desenvolvimentos.

Vivendo mais de dois mil anos sob a repressão da era de Peixes, nossa sociedade ocidental cristã, deturpou os conhecimentos Crísticos e demonizou o sexo. Exatamente porque o correto entendimento dele é a porta para a abertura dos outros chacras, que levam a nossa ascensão espiritual. Nossa porta de entrada foi fechada, demonizada. Muitos dos que tentaram ou conseguiram ultrapassá-la foram queimados(as) em fogueiras, encarcerados e/ou difamados.

Assim, vivemos séculos obtusos e cegados pelas forças trevosas que procuram impedir o desenvolvimento e ascensão espiritual de todos.

Os preconceitos, as distorções e a lavagem cerebral que sofremos torna difícil qualquer discussão sobre este assunto. Sexo foi associado com libertinagem, violência, drogas, pornografia, obrigação e compromisso. Enfim, a tudo que possa dificultá-lo. Junto a isto, todos os meios que levassem a estados alterados de consciência e possibilitassem um pequeno deslumbre do que pode ser a iluminação, foram igualmente condenados. Qualquer forma de prazer individual passou a ser condenada. Qualquer gatilho mental à ascensão foi proibido e fomos acorrentados à matéria, ao chão, ao nível mais baixo possível, ligando-nos às dimensões e frequências mais baixas e tornando-nos suscetíveis a qualquer ataque de baixa frequência. Fazendo-nos vulneráveis a todas as influências trevosas.

Toda abordagem sexual mais aberta é entendida como promiscuidade, assim todo estudo sério sobre esta questão acaba sendo levado quase em segredo. Poucos são os que tomam conhecimento e participam de grupos devotados ao real crescimento espiritual.

Qualquer divulgação neste sentido atrai primeiramente os aproveitadores instigados pelas forças trevosas, com o intuito de desvirtuar, difamar e destruir o grupo e seus participantes.

Para transmutar qualquer conceito, precisamos vivenciá-lo, entende-lo, e absorver sua essência, para depois nos libertarmos. Precisamos conhecer plenamente a energia sexual, identificá-la e aprender a sintetizá-la internamente. Após esta fase teremos ultrapassado esta esfera animal, poderemos nos libertar deste plano, praticar o celibato e iniciar a transmutação da esfera seguinte – a mental.

Não fazendo isto, continuaremos como a grande massa mal resolvida que continua mendigando a porta do Paraíso.

através de Prama Shanti

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

Anúncios

5 opiniões sobre “Mendigos à Porta do Paraíso”

  1. PRAMA SHANTI ESTOU ESTUDANDO, MUITO TEUS TEXTOS, SABE MUITOS ANOS ESTUDANDO, E N ABSORVIA. CHEGO LER 4 VZS POR DIA ALGUNS PRECISO TREINAR, QUERO SER MELHOR,QUERO ENTENDER MUITO SOBRE AINDA TER RAIVA AS VZS, E SEXO QUE VC BEM EXPLICOU TENHO 59 ANOS E SEMPRE , P MINHA FAMILIA FALAR EM SEXO DEUS NOS LIVRE, MAS HJ LENDO O ARTIGO COMO A ENERGIA KUNDALINI VAI FLUIR SE EU SEMPRE TIVE RESTRICOES , PEQUEI, FICO NO MAGNAISMO AS AENERGIAS MAIS DENSAS , PORISSO SEMPRE CHACRAS ESTAO DESALINHADOS. QUERO ESTUDAR MUITO TEU MATERIAL.ESTA ME ESCLARECENDO, EU SABIA MAS N ENTRAVA, ENTENDE QUERO E JA PRATICO CELIBATO , MAS SINTO Q NAO LIBEREI ALGO N SINTO DESJOS CARNAIS MAIS NEM QUERO MAS QUERIA TER APRENDIDO DESSA FORMA Q VC EXPLICOU.SABE PENA VC MORAR LONGE E EU TBEM GOSTARIA DE ASSISTIR OS EVENTOS, DEUS TE ABENCOE

    Curtido por 1 pessoa

    1. Acho que preciso vivenciar muito o sexo ainda para talvez chegar um dia a conseguir viver no celibato. Para mim, hoje isso é impossível. Fiquei um tempo só com a minha energia e foi muito bom, me recuperou. Recebia a massagem tântrica e percebi minha energia circulando mas não consigo deixar de fazer sexo.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s