Crime e Castigo

Vocês foram criados com a concepção de castigos e recompensas, trazem dentro de vocês o condicionamento de que deverão ser castigados por tudo que fizerem de errado, por todos os seus crimes.

Isto é extremamente confortável, vocês podem fazer tudo que quiserem e alguém virá lhes castigar e corrigir as coisas. Simples, fácil e sem responsabilidade. É muito bom ser criança, esperar o papai e a mamãe vir e lhe dar uma palmada. Você não precisa nem pensar, é só fazer e esperar …

Vocês agem como ignorantes completos. Vocês são Deuses, trazem todo o poder do Universo em seu interior e ainda assim ficam procurando por sinais fora de vocês. Esperando soluções de fora.

Querem a todo o momento saber do que são merecedores, procuram por um mestre que lhes indique o caminho. Agem como cegos, quando possuem uma visão multidimensional que pode lhes descortinar todas as maravilhas desta criação !

Lembrem-se de que vocês são deuses. Todas as suas religiões, de uma forma ou outra afirmam que vocês  são uma centelha divina.  Vocês são perfeitos ! Como podem precisar de alguém que os julgue ?

Libertem-se ! Vivam a sua plenitude ! Nenhum de vocês precisa passar por provações por atos passados. Sua consciência é o seu Juiz. O seu Eu interior é quem determina o seu caminho, as experiências que tem vontade de vivenciar.

O Karma que vocês tanto gostam de falar são as lições pelas quais você mesmo quer passar. Seu Eu interior quer conhecer este ou aquele sentimento, quer ver como você vai resolver esta ou aquela situação, quer aprender e adquirir conhecimento para solução de problemas.

Você pensa que fez alguma coisa errada e quer se punir, aguarda uma punição.  Se você pensa assim, mas sabe que vai ou que pode repetir este ato novamente é porque ainda não compreendeu esta questão em todos os seus detalhes, não viu todas as suas implicações, este processo ainda não chegou ao fim e precisam ocorrer novos eventos para que você compreenda melhor. Talvez não sejam bons, mas não os encare como castigo. Seu Eu interior ainda não está satisfeito, quer repetir e prestar atenção em outros detalhes.

Mas se você tem certeza que não vai repetir esta ação, este capítulo de sua vida já esta encerrado. Você já adquiriu a consciência que necessitava desta situação, já entendeu cada detalhe. Você já aprendeu ! Não há motivo para outra ocorrência relacionada a isso. Não há nenhum castigo lhe aguardando.

Se você carrega uma situação desconfortável que se arrasta pela sua vida. Isto não é castigo. Você continua na “sala de aula” estudando esta questão. Não concluiu o seu “curso” e não foi liberado para o “ano” seguinte. Estude mais, compreenda os motivos, o que esta situação lhe traz, apreenda com ela. Traga tudo isto para dentro de você, vivencie intensamente estes momentos, mergulhe totalmente dentro da situação, sinta-a no seu âmago. Quando tiver a consciência plena desta situação, você terá concluído seu “curso”.

Vocês todos são Deuses e estão adquirindo o domínio desta dimensão temporal. Já podem dominar o tempo se acreditarem e realmente quiserem. Precisam apenas se descolar da terceira dimensão, da matéria. Parem de pensar que o real é apenas aquilo que conseguem tocar e sentir. O real é o que está na sua consciência, o real é a sua mente.

Então, basta que vivam dentro de vocês todas as situações que queiram resolver e estará feito ! Simples, rápido e fácil ! Basta que acreditem e queiram realmente fazer. Vocês podem turbinar suas experiências, adiantar o seu tempo, viver e conhecer tudo que quiserem. Resolver todos os seus conflitos dentro de vocês em um pequeníssimo instante do que pensam ser o tempo.

Vamos lá, pratiquem sua divindade, saiam deste lugar lamacento e pegajoso e venham para o Paraíso !

através de Pramashanti

 (No início do texto, abaixo do título, há uma opção para você deixar seu comentário, perguntas ou sugestões. Agradecemos sua participação.)

Anúncios

3 opiniões sobre “Crime e Castigo”

  1. PramaShanti, sei que estás coberto de razão… Nosso Eu Superior nos orienta a um maior aprendizado, apenas que a vivência muito prolongada na 3D, por éons e éons, ainda nos sacode vez por outra e nos faz pensar em sinais, em sofrimento e não aprendizado. Gratidão por reafirmar a intenção de acertar em nós mesmo a missão proposta e combinada e não esperar por milagres, através de mestres. Que a 5D nos promova maior segurança em nosso caminhar.
    Gratidão!

    Curtido por 1 pessoa

  2. PramaShanti, após ler este item acabo por ficar com a ideia de que, a ideia que se difundiu nos últimos anos a respeito de Carma negativo e das consequências em termos de “pagarmos” esse mesmo carma, reequilibrarmos as nossas falhas com ações meritórias por um lado e pagamento “na mesma moeda” por outro lado, acaba por ficar tudo muito confuso como se passasse tudo a ser de uma forma moral e consciencial. Afinal, gostava de saber em concreto o que se passa em termos de carma. Existe a Lei do Retorno no qual o que fazemos de bem retorna-nos em bem e o que fazemos de mal retorna-nos em mal, ou não? O Universo não está afinal apetrechado de um Equilíbrio perfeito no qual tudo que se faz nele tem as suas consequências contrárias, independentemente de serem boas ou más? Fazemos parte de um Todo mas a nossa Evolução é Individual. Sem querer, de modo algum, pensar em termos de vinganças e retaliações, não é suposto o Universo ter um Equilíbrio tal que todo o mal acabe por ser pago de acordo com a intensidade com que foi praticado ao contrário do que este texto sugeriu ao dar a entender que esse carma acaba por se perder sem quase haver uma penalidade que gere Aprendizagem? Porque existem pessoas que nascem mutiladas e em estados de gravíssima enfermidade física e mental senão por terem de aprender uma lição pelos comportamentos graves que tiveram com seus semelhantes? Vejo muitas contrariedades neste campo e gostava de entender, por favor…! 🙂 Namastê. ❤ ❤

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá Claudio Fernandes !
      Muito do que lemos hoje foi escrito para mentes simples dos povos de milênios atrás.
      O equilíbrio deste Universo é perfeito, mas não há necessidade de se cobrar na mesma moeda.
      Não existe um árbitro implacável como pregavam os antigos textos.
      Somos perfeitos, divinos, Deuses, e como tal somos nosso próprio juiz. Queremos evoluir, transformar nossas consciências para retornar ao Divino.
      Assim, quando cometemos um ato imperfeito, procuramos uma aprendizado para que aquilo não se repita.
      Isto não significa castigo, mas o evento necessário para que nossa consciência aprenda e se transforme.
      Quanto mais nossa consciência evoluir, mais sútil poderá ser o evento de nosso aprendizado.
      O Universo é totalmente perfeito, não há culpa nem castigo, mas apenas aprendizado e evolução. Não existe o homicida sem o assassinado, todos são igualmente responsáveis, e cada qual cumpre o seu papel conforme suas necessidades. Uns precisam ser assassinados, outros precisam ser homicidas, e não devemos julgar nenhum deles.
      Os que nascem mutilados ou em estados de gravíssima enfermidade física e mental assim o fazem por vontade própria de seu Eu superior, que decidiu ser esta a melhor forma de aprendizado.
      Nós somos Deuses perfeitos e decidimos as nossas encarnações e as condições nas quais as viveremos, os aprendizados que queremos ter.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s