Datas Comemorativas

1 (10)800x599.jpg

Na nossa consciência poluída por números, sentimos a ânsia de classificar e rotular os acontecimentos pontualmente, numericamente. Como tudo, uma data, um acontecimento nunca é pontual, faz parte de uma nuvem de possibilidades e nós enxergamos e nos concentramos apenas no ponto manifesto.

Esta cegueira, este costume de tornar tudo discreto, pontual, também nos leva a julgar os outros por pequenas ações, por atos pontuais de sua trajetória de vida. Novamente nossa cegueira nos impede de olhar a nuvem e as circunstâncias como um todo. Nada é um ato isolado.

Da mesma forma nossa passagem nesta realidade não é isolada. Não somos apenas esta realidade que vivenciamos, esta vida de que temos consciência. Na verdade nossos atos e nossas escolhas nos levam a migrar lateralmente por realidades paralelas, nossa consciência pontual vivencia um pontinho de uma realidade de cada vez. Isto se dá por uma limitação de nossa mente que tem uma consciência muito reduzida das coisas. Principalmente por causa desta cegueira que nos impede de enxergar as nuvens de possibilidades.

Precisamos nos dar conta da relatividade de nosso mundo. Nada é como enxergamos, e não estamos exatamente onde pensamos estar. Estamos em constante movimento através de nossas realidades paralelas. O ângulo de deslocamento é tanto maior quanto maior for a imprevisibilidade de nossos atos. Isto é, quanto mais imprevisíveis e mais drásticas forem nossas ações, maior será a velocidade com que atravessamos nossas realidades em busca de realidades mais distantes.

Na medida em que conseguirmos expandir nossa consciência, iremos gradualmente tendo consciência dos acontecimentos futuros de nossa realidade atual. Nossas ações poderão alterar nossa linha de realidade para uma realidade onde o futuro já é um pouco diferente. Não estamos acostumados com isto, quando pensamos saber de um futuro, queremos que ele seja estático, que não se altere. É difícil entender que o futuro está escrito e ao mesmo tempo podemos “reescrevê-lo” a cada tomada de decisão. Ele muda porque mudamos nossa realidade.

Na medida em que você for compreendendo e realmente introjetar estes conceitos em sua mente, na medida em que isto for se tornando natural para você, que esta compreensão for se tornando intuitiva, suas lembranças ficarão mais claras, sua consciência terrena passará a acessar áreas mais profundas de sua mente, relativas a estas vivências e a este conhecimento. Todo conhecimento esta dentro da sua mente superior, é necessário apenas ativar os caminhos correspondentes para que você tenha consciência dos conhecimentos desejados. É necessário apenas um empurrão inicial naquela direção.

Em uma primeira abordagem você pode imaginar como se sua vida fosse uma linha de tempo, no início dela estaria seu nascimento, seus primeiros aniversários, seu momento atual e seu futuro. Agora tente imaginar esta linha inteira com um ponto luminoso, que é este momento atual, onde sua consciência está neste momento. Toda a linha existe ao mesmo tempo, cada instante desta linha de tempo da sua vida já existe, mas você irá tendo consciência de um pontinho de cada vez. Esta é uma limitação de sua consciência nesta dimensão.

Assim como você visualizou esta linha de tempo, visualize agora a vida de uma pessoa qualquer, uma história completa. Vamos chamar isto de realidade. Imagine na história desta pessoa que um dia ela passou em frente a uma lotérica, teve vontade de fazer uma aposta na loteria e não fez. Então temos uma realidade onde esta pessoa não jogou e não ganhou na loteria.

Agora imagine que ela entrou na lotérica, fez o jogo e ganhou o prêmio deste sorteio. Teríamos duas histórias diferentes e a diferença foi ela ter entrado na lotérica ou não. Isto são duas realidades. Estas duas realidades existem simultaneamente, existem infinitas realidades no universo multidimensional. Todas as realidades existem inteiras, são vidas completas. O fato de esta pessoa ter entrado ou não na lotérica não vai alterar as realidades, elas já existem. Mas, o fato dela entrar ou não fará com que sua consciência siga por uma realidade ou por outra. Aquele instante de entrada ou não na lotérica é na verdade o momento em que se criam várias realidades. Em uma ela não entrou, em outra entrou e não jogou, em outra jogou e não ganhou e em outra jogou e ganhou.  Você aqui só consegue ter consciência de uma destas realidades de cada vez, e suas escolhas farão com que sua consciência siga por uma realidade ou por outra. Isto é, sua linha de tempo, a linha de sua consciência irá seguir em direção ao futuro, mudando lentamente entre as realidades.

Uma cartomante “séria e competente” poderá “ver seu futuro”, mas ela estará, se conseguir, olhando apenas o caminho de uma destas realidades. Por isto as vezes o futuro contado parece tão lógico e tão certo, é porque ele realmente existe, mas talvez você escolha percorrer outro futuro com a sua consciência.

Na próxima dimensão você conseguirá enxergar todos os futuros e tomar a decisão necessária para percorrer o futuro escolhido. Mas não pense que vai ficar monótono, porque a cada decisão sua se criam infinitas realidades, que você poderá novamente enxergar. Isto porque sua consciência estará mais expandida.

Isto ainda será apenas um exercício de treinamento para a dimensão seguinte, onde sua mente poderá ter várias consciências e experienciar várias realidades simultaneamente.

Ter consciência das várias realidades lhe dará a vontade de conhecer outras de vivenciar e ter consciência de mais de uma ao mesmo tempo. Isto comandará a expansão de sua consciência para a multiconsciência.

Voltando as nossas realidades, suas escolhas fazem você trocar de realidades, você vai desenhando sua linha de tempo, cortando realidades distintas, como uma pessoa que desce o rio em um barquinho remando lateralmente para chegar a outra margem. Ele vai descer o rio (em direção ao futuro) remando para o lado e se aproximando cada vez mais da margem oposta, cortando cada filete de água que desce o rio. Cada filete de água é uma realidade e o caminho do barco é a sua linha de tempo. Quanto mais força você usar ao remar, mais rapidamente você irá atravessar as realidades e quanto mais distantes forem as realidades alcançadas mais diferente será a história.

Você escreve a sua história a cada dia, suas ações determinam sua realidade vivenciada e todas elas já estão escritas. Todas elas e tudo existe ao mesmo tempo. Não procure entender isto. Você não vai entender porque não é Deus, sua consciência atual é muito limitada. Apenas aceite por alguns momentos que é assim que funciona.

Você era como uma formiguinha caminhando pela rua e imaginando que aquele pedaço de rua só existe porque você está ali, achando que a rua vai se formando na medida em que você caminha.

As coisas não passam a existir apenas quando você tem consciência delas. O Universo é muito maior que a sua consciência. O propósito de sua existência é apenas expandir sua consciência para ter conhecimento de áreas cada vez maiores, ter experiências cada vez mais ricas e complexas. Sua mente é infinita e seu caminho é ter consciência de toda a sua mente, ter consciências cada vez mais abrangentes e múltiplas.

Prama Shanti

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s