O Grande Equilíbrio

Sefm título.png

Pode parecer que já falamos tudo sobre a reunião de várias pessoas e a formação da egrégoras, mas muitas leis desconhecidas por vocês operam nestes momentos.

Podemos dividir as influências em dois grupos: os fatores externos e os fatores internos.

Internamente cada pessoa tem sua aura e seu campo de energia, onde vivem suas personas e personalidades. Nestas reuniões estabelece-se um equilíbrio energético resultante da interferência e harmonização dos vários campos energéticos. Desta resultante, poderia se dizer que algumas personas e personalidades (que estão em harmonia com o campo) ganham mais vida e atividade, enquanto outras em desarmonia perdem energia pelo fenômeno da interferência e ficam menos atuantes, e em algumas vezes quase desaparecem.

De todo este resultado, surge um campo único, que reluz no astral como uma vela no escuro, atraindo duas categorias de seres: harmônicos e antagônicos.

Os antagônicos procuram chegar pelas bordas, procurando as personas e personalidades que ficaram em desarmonia e aliarem-se energeticamente a elas, procurando causar uma falha no campo energético e desestabilizar o todo.

Os harmônicos associam-se ao campo criado, formando uma egrégora que resulta da associação do campo com os seres que estão em harmonia com este.

No fundo, podemos enxergar isto como um grande reservatório de energia magnética  atraindo seres que dela necessitam. Para poder absorver esta energia, precisam estar vibrando em harmonia.

Os que estão em frequências diferentes, procuram energias mais semelhantes em suas bordas e utilizam esta brecha para se alimentarem parcialmente e simultaneamente tentarem alterar o padrão vibratório desta pequena região para tentar alterar a frequência fazendo-a mais harmônica com a sua e ao mesmo tempo tentando causar uma interferência caótica que mude o todo.

Os que estão em harmonia, alimentam-se das energias produzidas, e da mesma forma tentam preservar o padrão vibratório e fazê-lo aproximar-se ainda mais do seu padrão.

Fatos semelhantes acontecem se você estiver sozinho e entrar em estados alterados de consciência. Uma luzinha vai se ascender no astral e chamar atenção. Você poderá receber influências de seres de baixa frequência tentando reduzir seu padrão vibratório, por influências em seus pensamentos e perturbações. E poderá receber influência de seres de padrão vibratório mais elevado, que tentarão elevar ainda mais a sua frequência e se associar a ela.

É uma guerra constante em busca de energia. No mundo material pensamos estar no topo da cadeia alimentar, mas no mundo astral estamos quase na base desta. Nesta cadeia as energias menos sutis alimentam-se de energias um pouco mais densas. Isto em toda extensão dos incontáveis níveis ascensionais.

Nós como matéria, somos o combustível básico da vida no universo, nós através de toda esta cadeia ascensional alimentamos no topo o nosso criador. Fornecemos a matéria básica das vidas sutis, e recebemos em troca os influxos ascensionais que permitirão a nossa elevação.

No inverso deste caminho ascensional estão as forças que se especializaram em obter poder nas energias mais densas e lutam pela manutenção de geradores de energias cada vez mais densas. Procuram nos manter presos a interesses materiais e prazeres terrenos. E quanto mais grosseiros forem estes prazeres, maior será a qualidade desta baixa energia.

No fundo tudo é um grande equilíbrio homeostático que mantém nosso universo vivo em caminho oposto à entropia. Mesmo as forças trevosas cumprem o seu papel na manutenção dos vários níveis de energia.

Por isso, nunca se perguntem por que Deus permite que ocorram as calamidades e atrocidades. Tudo faz parte de um grande equilíbrio. Esta grande e interminável batalha entre as forças da luz e as forças das trevas não é nada mais do que o grande equilíbrio, a grande máquina propulsora do Universo, e ao mesmo tempo um grande shopping Center onde entramos e temos a nossa disposição todos os caminhos que desejamos escolher para nossa vida.

Temos a nossa disposição todos os tipos de energia para nos servimos. Muitos iniciarão experimentando os sabores mais fortes e densos, e depois irão refinando seu gosto e procurando essenciais mais sutis, de paladar mais delicado.

Todos estão na nossa caminhada e cada um de nós cumprindo nosso papel na evolução individual e coletiva. Por isto, não nos cabe julgar ou ter sentimentos negativos sobre a escolha dos outros. Todos nós vamos em nossa jornada provar todos os sabores, pois só assim refinaremos nosso paladar.

Portanto, quando encontrar seres provando sabores mais grosseiros, olhe-os como você no dia de ontem, sinta ternura e amor, e compreenda que ele também é você, é você ontem e faz parte do Todo como você. O aprendizado de cada um de nós chega ao todo e desce novamente iluminando-nos com cada novo aprendizado adquirido. Somos todos parte de um grande organismo efeverscente e cheio de vitalidade.

Temos ao nosso lado todos os sabores para provar, abaixo de nós a energia que nos alimenta e nutre, e acima de nós a experiência de todo o Universo a nossa disposição. Vamos captar toda a experiência e conhecimento que quisermos, bastando ajustar a sintonia.

Somos verdadeiros Deuses com tudo a nossa volta, bastando esticar o braço e pegar. Este é o shopping do Universo. Tudo está a nossa disposição. Vamos nos servir, viver todas as experiências que tivermos vontade e crescer rumo ao infinito e além.

através de Prama Shanti

(sobre a autoria …)

 

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

Anúncios

3 opiniões sobre “O Grande Equilíbrio”

  1. “Todos estão na nossa caminhada e cada um de nós cumprindo nosso papel na evolução individual e coletiva. Por isto, não nos cabe julgar ou ter sentimentos negativos sobre a escolha dos outros. Todos nós vamos em nossa jornada provar todos os sabores, pois só assim refinaremos nosso paladar.”

    Excelente consideração sobre julgamentos, gratidão PramaShanti, este, a meu ver, é um dos mais bonitos texto seu…

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s