Fraternidade

7 (12).jpg

Com certeza você alguma vez já teve vontade de fazer coisas condenáveis e sua consciência o impediu de fazê-lo. Coisas pequenas como chutar um animal, ou grandes como punir severamente um criminoso. Todos têm impulsos que são freados pela consciência. São experiências que seu Eu abriu mão de experienciar.

Agora imagine que você pudesse ter várias consciências simultâneas. (Isto é possível e seu Ser chegará a este estágio.) Imagine que você permitisse que determinada parte de sua consciência executasse estes atos para adquirir experiência e ter as sensações resultantes destas ações. Você condenaria aquela parte de você que fez a maldade ? Você se acharia superior a ela porque outra parte de você teve o bom senso de não fazer aquilo ? Como poderia uma parte de você julgar a outra parte ?

Pois é !  É mais ou menos assim que acontece.  Somos todos uma grande mente Universal. Somos todos um grande Deus e cada um de nós é Deus. Cada pessoa que você vê ao seu lado é um pedaço da mesma mente Universal fazendo experiências que você não precisou fazer.

Aquele brutamonte que bate em velhinhas é parte de você e faz coisas que você não precisou fazer, mas é parte do grande todo, é você. Em vez de sentir-se melhor e superior, agradeça a ele por estar fazendo o trabalho sujo. Lembre-se que é uma parte de você, uma parte do grande Deus que está fazendo isto.  Não julgue, ajude !

Este é o verdadeiro sentimento de fraternidade, é a compreensão que não era possível a dois mil anos atrás quando dissemos que vocês são todos irmãos. Agora vocês podem ter uma compreensão mais próxima da realidade.

Somente entendendo que vocês todos são um, que são uma coisa só, poderão sentir a fraternidade verdadeira. Somente assim poderão ser verdadeiramente humildes.

É inegável que algumas partes da consciência universal executam tarefas mais simples e outras mais complexas. Mas isto apenas na compreensão de vocês. Porque você acha que a tarefa do brutamonte é inferior a sua ? Você não tem capacidade para imaginar a complexidade daquela experiência, o nível e a intensidade de sentimentos que uma ação causa e seus efeitos na grande mente Universal.

Por mais erudito e importante que você possa ser, talvez sua tarefa para a mente Universal seja insignificante. Aceite sua ignorância perante Deus e seja humilde. Lembre que aquele outro que você condena também é você mesmo. Em vez de condená-lo, ajude-o porque ele está fazendo o trabalho mais pesado nesta grande aventura. E o sucesso de cada um, a experiência que cada um adquirir é para o seu próprio conhecimento. Todos estamos conectados e todos aprendemos com o grande Todo.

Então, quando olhar para o lado, lembre-se que está olhando uma parte de você. Ame-se e ame cada um ao seu lado. Ame esta maravilhosa experiência que lhe permite viver. Olhe a todos como a você. Não são seus irmãos, são você mesmo !

Não julgue, ajude !

Assim é !

através de Pramashanti

(sobre a autoria …)

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s