Pulsação Tibetana Yoga – A Cura pelo “Fogo Frio”

wPT03.jpg

O que é isto no Nosso Sistema nervoso que cria o mundo a nossa volta?

Na nossa vida diária a mente está no comando. Na Pulsação Tibetana a mente deixa seu posto e o coração ocupa a direção do barco.  O coração possui uma inocência, a mente se apega aos problemas. Em razão desses apegos podemos experienciar somente metade da nossa alegria, amor e prazer, enquanto a mente funcionar sempre em dualidades. O padrão ocorre assim: certo-errado; sim-não; bom-mal, etc… Se temos uma experiência positiva nós queremos nos agarrar a ela, mas a função da nossa mente nos força a experimentar algo negativo em seguida!

De Coração para Coração 

A mente vive continuamente em dualidade.  O coração vive somente no momento. Ele não conhece nada sobre direita-esquerda, alto-baixo, dentro-fora, e nem trabalha com separação mas sim para unir e se dissolver com outros corações. Se 10 ou 100 pessoas se dão as mãos e sentem o mesmo pulso, eles se tornam um único coração. Essa energia vital sentida é chamada de bio-elétrica.

Pelo nosso condicionamento acreditamos que a energia experimentada na relação sexual está restrita aos nossos genitais. Mas, na realidade, nós podemos senti-la por todo o corpo, e esta é a ferramenta mais poderosa que temos para nos livrar da dor, do sofrimento emocional e dos problemas psicológicos. Todas essas dificuldades pessoais se manifestam no nosso sistema nervoso como bloqueios bio-elétricos.

O poder para dissolver esses bloqueios vêm de uma meditativa combinação da nossa energia vital com o pulso do nosso coração. Isto produz um “Fogo Frio” que ativa nossas forças internas de Cura e torna possível para nós apagarmos os programas negativos do nosso sistema nervoso.

A energia positiva dos nossos corações, neutraliza a energia negativa do nosso sistema nervoso, através do relaxamento prazeroso. A dor é transformada em prazer, sofrimento em alívio, e medo em êxtase.

A energia bio-elétrica no nosso sistema nervoso corre através dos ossos, do esqueleto, exatamente como a eletricidade comum percorre os fios. Assim, a Pulsação Tibetana pode fazer um bom uso da nossa da estrutura básica em busca de um equilíbrio tão desejado.

A Técnica:

Por uma “Mente Nova”: uma nova flor, um novo desabrochar chega para existir.

A Pulsação Tibetana alinha, limpa e revitaliza os nosso centros energéticos. Seu potencial está na combinação da energia vital com o pulso do coração que é o gerador de ondas bio-elétromagnéticas, responsáveis pela cura e pela percepção sutil.

Utilizando toques firmes, prolongados e profundo em regiões do esqueleto, em um ambiente adequado, que inspire confiança que promova entrega, aceitação; com numa atitude amorosa, intensificamos o nosso fluxo da energia vital ao nos conectarmos adequadamente uns aos outros. Numa onda de energia, numa grande ducha vinda de dentro para fora, esse “Fogo Frio” varre tudo o que não deve estar no corpo sem danificar qualquer tecido, abrindo um campo inteiramente novo ao perceber e  sentir.

Eliminamos do nosso sistema nervoso as cargas energéticas negativas, dissolvemos as armaduras emocionais das várias camadas do nosso ser, voltamos ao estado de equilíbrio, resgatamos o acesso ao fluxo de energia natural e o estado de plenitude pode se manifestar.

 De Onde Vem:

Da medicina Tibetana-Chinesa, de origem milenar, utilizada nos mosteiros e trazida para o ocidente pelo venerável lama Kalu Rinpoche, foi adequada para a nossa cultura ocidental por Sw. Shantam Dheeraj. Com a finalidade de dar fim ao sofrimento e promover o crescimento pessoal,  têm surpreendido e maravilhado a todos que com ela vem se beneficiando, pela forma suave e natural de tratar as desordens de ordem física, emocional e mental.

download.jpg
Venerável Kalu Rinpoche
Shantam Dheeraj.jpg                          
Sw. Shantam Dheeraj apresentando a “bandeira”                   
da Pulsação Tibetana para a Sua Santidade
o Dalai Lama em Poona, India

O Aspecto Sublime na Pulsação Tibetana Yoga

“Liberar energias coaguladas do nosso sistema, limpar e reorganizar nosso Campo Energético, é função sutil e sublime da Pulsação Tibetana Yoga.

Nos habilita sintonizar frequências mais altas, quando passamos a experimentar um eu mais expandido, quando um estado de maior alerta passa a se evidenciar.

Um novo e diferente nível de percepção se instala, que naturalmente desbanca nossas antigas crenças e padrões limitantes, deixando estes de ter o costumeiro poder anterior de conduzir nossas ações.

Uma reorientação neuro biológica ocorreu!

E em um nível de consciência mais elevado ficamos muito próximos de vivenciar o Eu Autêntico.” 

Taruna
Realizou sua formação na Índia, junto a Osho, entre 1987 e 1992.
Fez parte da equipe do OSHO Institute of Tibetan Pulsing Healing, na OSHO Multiversity,

 

  • Workshop de Pulsação Tibetana em São Paulo
    com Taruna

    dias 9, 10 e 11 de novembro
    na Escola de Deuses

    * apenas 12 participantes

    informações pelo telefone (11) 98166.3377

Anúncios

Por que Relacionar-se ?

wVR04 o 800x800.jpg

Vocês todos vivem correndo atrás da felicidade. Vivem neste frenesi de medo, procurando garantir-se contra tudo, achando que precisam ter tudo sob seu controle para serem felizes.

Vivem no medo da doença, da falta de dinheiro e da solidão.

É triste ver como se perderam de si mesmos. Colocaram todas as suas esperanças do lado de fora, em um plano de saúde que nunca funciona, num banco que pode quebrar e num outro que deve ter a chave da sua felicidade.

Passam a vida correndo atrás de uma ilusão distante, quando todas as respostas estão dentro de vocês.

Esqueceram que a beleza da vida esta justamente em não ter o controle, pois o controle nos controla. Esta tentativa de manter tudo sob controle é justamente o que lhe controla, o que lhe mantém com o foco no material, no 3D, e lhe escraviza.

Experimente não ter controle sobre nada, está é a suprema liberdade, a entrega ao todo, ao seu Deus. É entregar-se ao fluxo do Universo, sentir-se flutuando nas ondas do Todo, ser leve, viver a vida com leveza, um dia de cada vez e celebrar profundamente cada momento, com a certeza de que é apenas isto que você possui. Sim, o que verdadeiramente possuímos é apenas este momento de agora, nada mais existe além dele.

E a felicidade está exatamente nisso, ela vem da liberdade completa. Ninguém pode ser feliz se não for livre.

Você não está aqui para ser uma ilha, precisa se relacionar com as pessoas. Tudo que você adquirir deve ser compartilhado. Tudo que você compartilha torna-se inesgotável. Você tem apenas o que compartilha, o resto não é seu, é apenas uma ilusão.

O verdadeiro relacionamento surge quando você compartilha, pois compartilhar é a doação suprema: você doa o que tem e junto dá uma parte de você. Você dá incondicionalmente, pois você vai junto e não espera nada em troca. É o verdadeiro amor incondicional, não há expectativa de retribuição, pois você doou uma parte de você e está junto com quem recebeu.

Você está aqui e lá, tornou-se onipresente, tornou-se amor e espalhou-se no outro.

Este é o verdadeiro sentido do relacionamento, doar-se e ser um com o outro. E somente quem aprendeu a viver em liberdade, sem medos, é capaz disto.

Então, liberte-se, abandone seus medos e venha ser Feliz, venha ser Amor !

Prama Shanti
dia 12 da Lua Magnética
06-08-2018

Participe de nossos workshops, 
acelere a sua transformação de consciência,
seja mais Feliz e faça a diferença no mundo !

Para ver informações e depoimentos sobre nossos workshops,
clique nos links abaixo:

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração, meditação budista tradicional,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • Reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica,
  • “Respiração dos 7 Chacras”,
  • alinhamento e energização dos chacras.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com.