Percepção de consciência, Ressonância Schumann e Nós

A ressonância Schumann é um campo eletromagnético que cerca o nosso planeta. Foi descoberta pelo físico alemão W. O. Schumann  em 1954, embora o gênio Nicolas Tesla tenha feito esta descoberta 60 anos antes, quando estudava uma gigantesca tempestade de raios.

É uma onda estacionária com uma frequência fundamental de 7,83 Hz e com uma longitude igual a circunferência de Gaia. Pelo menos se estima que tem sido assim nos últimos milhares de anos. Esta frequência funciona como a pulsação e Gaia e influência diretamente todos os seres vivos deste planeta.

Isto foi comprovado pelos astronautas russos e americanos que retornavam de suas missões espaciais com sérios problemas de saúde, causados pela ausência deste campo. Hoje em dia as naves espaciais possuem geradores artificiais de ondas Schumann.

Estas ondas não são causadas por nada que acontece no interior da Terra, sua crosta ou seu núcleo. Estão relacionadas à atividade elétrica na atmosfera (tempestades, raios e trovões). Assim o aumento desta frequência está associado ao aumento da quantidade de raios na atmosfera e inversamente causa a diminuição do campo magnético do planeta.

Em 1987 esta frequência havia aumentado para 8,7 Hz, em 1996 estava em 9 Hz, passando para 11 Hz em 2003, 14 Hz em 2012 e hoje está acima de 15 Hz – praticamente o dobro da frequência original.

Como consequência disto, a ocorrência de raios e tempestades elétricas aumentou drasticamente em todo o mundo, especialmente no Brasil, e o campo magnético terrestre reduziu-se a metade do que era nos últimos 4 mil anos.

Esta frequência nos afeta diretamente e é captada pelo cérebro humano através das glândulas pituitária e pineal, conhecidas também como o sexto (Ajna) e o sétimo chakras (Sahasrara).

Nossa consciência e nossa percepção da realidade estão intimamente ligadas ao pulsar de Gaia, fazemos parte deste organismo e pulsamos com ele.

Dependendo do ritmo de atenção, de nosso contato com o mundo material ou com o mundo espiritual, a frequência nosso cérebro muda.

Em estado de atenção normal, trabalhamos em ondas Beta numa faixa entre 13 e 40 Hz. Acima de 40 Hz o corpo humano entra em convulsão.

Quando entramos em meditação baixamos nossa frequência (ondas Alfa) de 13 Hz até 7 HZ, inclusive no estado de sonho.

No sono e na meditação profunda entram os em estado de ondas Teta e podemos chegar a 4 Hz. Em estado mais profundo entramos na faixa das ondas Delta, chegando a quase zero Hz.

A medida que esta frequência diminui verifica-se um aumento da concentração de melatonina e dos processos de cura e regeneração dos tecidos, nossa consciência se expande a acesamos cada vez mais nosso Eu superior.

Trabalhando em sintonia com Gaia, antigamente éramos mais propícios a ficar em estado meditativo e nossa comunhão com o Sagrado era mais natural, pois naturalmente nossas mentes tendiam a trabalha em Alfa.

Hoje a pulsação de Gaia nos deixa naturalmente em Beta. A televisão, a oitava musical com que os instrumentos musicais são aferidos e outros aparatos trabalham para elevar ainda mais nossa frequência cerebral, nos afastando do Divino e nos deixando em Beta elevado.

Um dos efeitos diretos desta situação é a nossa percepção da realidade. O tempo biológico é diretamente proporcional a esta frequência, e hoje nossa consciência do dia tem aproximadamente 12 horas, Tudo passa mais rápido, não temos mais tempo para nada, nossa mentes estão aceleradas e esta aceleração está nos ancorando cada vez mais ao mundo material. Nossa ansiedade não tem precedente.

Em efeito reverso a atividade de nossa consciência, de nosso Ser integral está amplificada na mesma proporção. Nosso poder de criar realidades aumentou, somos cada vez mais verdadeiros Deuses com um poder criativo cada vez maior.

São chegados os tempos de grandes contrastes, somos arrastados dramaticamente ao plano material e colados ao chão. E ao mesmo tempo nos é dado um poder sem igual de ascensão. Basta estarmos acordados para decolar deste fundo lamacento. Temos toda a capacidade para isto, mas depende exclusivamente de nossa vontade.

Nossa vontade e nossas decisões nunca foram tão importantes como agora, não há mais espaço para ficar encima do muro. O muro estreitou-se e não é mais possível equilibrar-se nele. Se você não decidir em que lado vai ficar, outros decidirão por você !

através de Pramashanti

(No início do texto, abaixo do título, há uma opção para você deixar seu comentário, perguntas ou sugestões. Agradecemos sua participação.)

Anúncios

O Grande Equilíbrio

Sefm título.png

Pode parecer que já falamos tudo sobre a reunião de várias pessoas e a formação da egrégoras, mas muitas leis desconhecidas por vocês operam nestes momentos.

Podemos dividir as influências em dois grupos: os fatores externos e os fatores internos.

Internamente cada pessoa tem sua aura e seu campo de energia, onde vivem suas personas e personalidades. Nestas reuniões estabelece-se um equilíbrio energético resultante da interferência e harmonização dos vários campos energéticos. Desta resultante, poderia se dizer que algumas personas e personalidades (que estão em harmonia com o campo) ganham mais vida e atividade, enquanto outras em desarmonia perdem energia pelo fenômeno da interferência e ficam menos atuantes, e em algumas vezes quase desaparecem.

De todo este resultado, surge um campo único, que reluz no astral como uma vela no escuro, atraindo duas categorias de seres: harmônicos e antagônicos.

Os antagônicos procuram chegar pelas bordas, procurando as personas e personalidades que ficaram em desarmonia e aliarem-se energeticamente a elas, procurando causar uma falha no campo energético e desestabilizar o todo.

Os harmônicos associam-se ao campo criado, formando uma egrégora que resulta da associação do campo com os seres que estão em harmonia com este.

No fundo, podemos enxergar isto como um grande reservatório de energia magnética  atraindo seres que dela necessitam. Para poder absorver esta energia, precisam estar vibrando em harmonia.

Os que estão em frequências diferentes, procuram energias mais semelhantes em suas bordas e utilizam esta brecha para se alimentarem parcialmente e simultaneamente tentarem alterar o padrão vibratório desta pequena região para tentar alterar a frequência fazendo-a mais harmônica com a sua e ao mesmo tempo tentando causar uma interferência caótica que mude o todo.

Os que estão em harmonia, alimentam-se das energias produzidas, e da mesma forma tentam preservar o padrão vibratório e fazê-lo aproximar-se ainda mais do seu padrão.

Fatos semelhantes acontecem se você estiver sozinho e entrar em estados alterados de consciência. Uma luzinha vai se ascender no astral e chamar atenção. Você poderá receber influências de seres de baixa frequência tentando reduzir seu padrão vibratório, por influências em seus pensamentos e perturbações. E poderá receber influência de seres de padrão vibratório mais elevado, que tentarão elevar ainda mais a sua frequência e se associar a ela.

É uma guerra constante em busca de energia. No mundo material pensamos estar no topo da cadeia alimentar, mas no mundo astral estamos quase na base desta. Nesta cadeia as energias menos sutis alimentam-se de energias um pouco mais densas. Isto em toda extensão dos incontáveis níveis ascensionais.

Nós como matéria, somos o combustível básico da vida no universo, nós através de toda esta cadeia ascensional alimentamos no topo o nosso criador. Fornecemos a matéria básica das vidas sutis, e recebemos em troca os influxos ascensionais que permitirão a nossa elevação.

No inverso deste caminho ascensional estão as forças que se especializaram em obter poder nas energias mais densas e lutam pela manutenção de geradores de energias cada vez mais densas. Procuram nos manter presos a interesses materiais e prazeres terrenos. E quanto mais grosseiros forem estes prazeres, maior será a qualidade desta baixa energia.

No fundo tudo é um grande equilíbrio homeostático que mantém nosso universo vivo em caminho oposto à entropia. Mesmo as forças trevosas cumprem o seu papel na manutenção dos vários níveis de energia.

Por isso, nunca se perguntem por que Deus permite que ocorram as calamidades e atrocidades. Tudo faz parte de um grande equilíbrio. Esta grande e interminável batalha entre as forças da luz e as forças das trevas não é nada mais do que o grande equilíbrio, a grande máquina propulsora do Universo, e ao mesmo tempo um grande shopping Center onde entramos e temos a nossa disposição todos os caminhos que desejamos escolher para nossa vida.

Temos a nossa disposição todos os tipos de energia para nos servimos. Muitos iniciarão experimentando os sabores mais fortes e densos, e depois irão refinando seu gosto e procurando essenciais mais sutis, de paladar mais delicado.

Todos estão na nossa caminhada e cada um de nós cumprindo nosso papel na evolução individual e coletiva. Por isto, não nos cabe julgar ou ter sentimentos negativos sobre a escolha dos outros. Todos nós vamos em nossa jornada provar todos os sabores, pois só assim refinaremos nosso paladar.

Portanto, quando encontrar seres provando sabores mais grosseiros, olhe-os como você no dia de ontem, sinta ternura e amor, e compreenda que ele também é você, é você ontem e faz parte do Todo como você. O aprendizado de cada um de nós chega ao todo e desce novamente iluminando-nos com cada novo aprendizado adquirido. Somos todos parte de um grande organismo efeverscente e cheio de vitalidade.

Temos ao nosso lado todos os sabores para provar, abaixo de nós a energia que nos alimenta e nutre, e acima de nós a experiência de todo o Universo a nossa disposição. Vamos captar toda a experiência e conhecimento que quisermos, bastando ajustar a sintonia.

Somos verdadeiros Deuses com tudo a nossa volta, bastando esticar o braço e pegar. Este é o shopping do Universo. Tudo está a nossa disposição. Vamos nos servir, viver todas as experiências que tivermos vontade e crescer rumo ao infinito e além.

através de Prama Shanti

(sobre a autoria …)

 

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

A Abertura da Visão Espiritual

11215111_933828153334361_2210101143042031340_n.jpg

Ver espiritualmente não significa ser melhor, o dom da visão espiritual pertence ao nosso ser mais interior, e é adquirido no percurso de várias encarnações. Nosso Eu maior pode ter adquirido este dom e eventualmente ele pode não se manifestar em nossa vida corrente.

Em cada encarnação que fazemos vivenciamos novas experiências, e em algumas delas pode haver um aparente retrocesso. Podemos em uma determinada encarnação deixar aflorar sentimentos negativos que ficaram retraídos em encarnações passadas. Em uma vida podemos ser uma pessoa dócil e amiga, e na vida seguinte podemos ser um tirano insano. Isto não significa retrocesso, mas apenas que estamos vivenciando aspectos ainda não aprendidos. Para aprender uma lição precisamos vivenciá-la. Não podemos ser bonzinhos sem ter sido maus em uma determinada fase. Cada sentimento precisa ser vivenciado e transmutado. Assim, eventuais sentimentos negativos ainda não vivenciados podem aflorar em uma encarnação futura. Assim aos olhos dos outros, como personalidade encarnada, estaremos sendo uma pessoa ruim. E ao mesmo tempo poderemos estar utilizando um dom como a visão espiritual, que foi adquirido ao longo das encarnações.

Devemos dissociar as habilidades espirituais do conceito de bondade. Nossa alma pode ser muito evoluída, mas eventualmente poderemos estar passando por uma encarnação onde nosso comportamento não é o melhor.

Os dons espirituais são como todos os outros dons físicos, um bom atleta, um gênio ou um grande artista não são necessariamente boas pessoas. E como sempre, um dom pode ser utilizado para o bem ou para o mal.

Ter a visão espiritual, enxergar as energias mais sutis, almas desencarnadas que estão ao nosso lado, geralmente não é uma coisa agradável. Grande parte destes seres não possuem aparência agradável, e a maioria dos que estão por aqui não são amistosos. Os espíritos de luz que ficam neste plano estão sempre em minoria, e quando estão aqui, estão para cumprir determinadas missões, que geralmente não incluem a sociabilidade. Precisam ser eficientes e cumprir o seu papel, sem ficar conversando com aqueles que os enxergam.

Assim, adquirir esta visão, desenvolvê-la e passar a conviver com esta outra realidade requer um preparo e é um grande aprendizado.  É importante ter o domínio deste dom para poder ligá-lo e desligá-lo quando necessário. Permanecer sempre visualizando este outro mundo não é uma coisa agradável.

através de Prama Shanti

Participe de nossos workshops, 
acelere a sua transformação de consciência,
seja mais Feliz e faça a diferença no mundo !

Para ver informações e depoimentos sobre nossos workshops,
clique nos links abaixo:

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração, meditação budista tradicional,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • Reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica,
  • “Respiração dos 7 Chacras”,
  • alinhamento e energização dos chacras.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

Tantra e Chacras

9847594_orig.jpg

Os chacras são centros energéticos que condensam a energia que nosso corpo recebe. Recebemos a energia Chi do Sol, através da respiração e através do nosso chacra superior. Pelo chacra inferior recebemos o magmaísmo de Gaia. Estas duas energias percorrem nosso corpo, o magmaísmo entra em direção ascendente e depois circula em correntes ascendentes e descendentes. Da mesma forma o Chi entra em direção descendente. Assim cada um dos nossos chacras recebe porções diferentes de cada energia e as processa. Em paralelo com este fluxo de energia, nossos chacras também emitem e recebem energia diretamente do meio ambiente.

Esta troca de energia do chacra com o meio exterior se dá, de um modo especial quando sintonizamos e entramos em harmonia com outra pessoa realizando uma intensa troca de energias polarizadas.

É nesta troca de energias polarizadas através dos chacras que repousam os princípios da magia sexual e do Tantra Yoga. A sintonização e troca de energias se inicia pelos chacras inferiores, em ritmo ascendente à medida que nossa harmonização evolui. Esta harmonização permite que juntemos as energias de um casal, preenchendo lacunas e rompendo os temores que cada um de nós possui.

Nós todos queremos evoluir e alcançar a iluminação, mas inconscientemente nosso ego trabalha contra, pois a iluminação é a eliminação do ego. Neste sentido nosso ego constrói travas e temores que freiam nosso processo evolutivo.

Harmonizando nossos chacras com o(a) parceiro(a), conseguimos preencher as lacunas impostas por nossos egos. Cada um de nós possui travas diferentes, lacunas que bloqueiam nossa ascensão. Assim as lacunas de cada um de nós são preenchidas pela ausência desta no outro. Nossos campos energéticos se fundem e se completam, abrindo caminho para nossa ascensão conjunta. Este caminho não requer necessariamente o ato sexual, embora este possa ser utilizado como estopim do processo. Neste caso é necessária uma compreensão mais profunda.

O ato sexual, quando ocorre nesta operação mágica, deve ser revestido de um sentimento de sacralidade, fraternidade e desprendimento, pois cada um vai vivenciar o seu ápice de maneira diferente.

Este ato é sagrado, se o sentimento for puro, o ápice nos eleva, fornecendo um impulso extra rumo ao alto. Se a conexão dos dois parceiros for boa, o impulso de um será sentido pelo outro energeticamente, que também será levado de carona.

Não deve haver preocupação sobre quantas vezes cada um terá seu ápice e se serão sincronizados. Poderá haver vários orgasmos de cada um (sexuais ou não) e todos eles funcionarão como molas que elevarão o casal. Esta experiência conjunta resulta em um estágio de alteração de consciência que inicialmente deverá ser vivenciado isoladamente.

A entrada de cada um no êxtase é uma experiência individual, mas quando os dois estiverem adentrado juntos neste grande salão, poderão abraçar-se e vivenciar a plenitude de uma experiência conjunta única e impar. Não há palavras suficientes para descrever esta vivência. E cada vez que a repetirmos, ela será única.

É uma experiência que nos permite ver a essência de nosso companheiro(a), em um estado onde não há idade nem beleza física. Vivenciamos a essência polarizada do outro e a sentimos dentro de nós. E se a experiência for mais profunda, ultrapassaremos a camada polarizada, entrado na área do quinto corpo astral, onde não possuímos mais sexo e nos enxergamos de um modo mais puro, sem o envolto polarizado. Este estágio requer uma grande evolução e harmonia do casal.

através de Prama Shanti

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

Sobre a autoria

Autoria dos textos psicografados:

Não estamos aqui para receber honrarias. Como já falamos anteriormente, somos uma equipe, e individualmente não nos identificamos por nomes. Nomes são um costume do mundo de vocês e um estimulo à vaidade.

Todos somos um e nossa pequena partícula de individualidade tem uma duração muito curta na escala Universal. Nossa individualidade é um pequeno instante do Todo, vai durar muito pouco e nossa energia retornará ao Todo.

Somos apenas uma fração de pensamento de uma das muitas consciências do Universo, que por sua vez também é uma pequena fração de pensamento do Todo.

No mundo de vocês, ainda cabe que utilizem um nome para informar se a origem de uma informação é fidedigna ou não, mas no nosso mundo isto não tem sentido.

Cada um de nós vai lhes passar informações diferentes, de assuntos diferentes. Nós temos várias consciências e a cada vez uma delas irá se comunicar. Então apenas classifique nossas informações por assunto e pare de clamar por um nome. Não temos nomes, somos muitos e cada um de nós possui várias consciências, vários Eus.

(através de PramaShanti)

Para onde vamos ?

Tristeza ver o ódio se alastrando e ganhando poder pelo mundo.

Tristeza ver tantas pessoas indiferentes e tão alienadas.

Tantas pessoas vivendo como robôs sem consciência, a mercê dos mandos de um comando obscuro.

Lembremos que somos todos um só organismo e que parte de nós está doente.

O que você faz quando está doente ?

Toma remédios que fazem com que a parte saudável do seu corpo influencie e modifique a parte doente.

Que remédio podemos dar a este grande organismo com tantas consciências, algumas adormecidas, outras saudáveis e outras doentes ?

Como podemos fazer para que a parte boa influencie a parte doente ?

Será que somos a parte boa ?

Talvez sim, talvez não. Julgamentos de valor são sempre controversos.

Mas indiscutivelmente temos sempre o direito de lutar pela propagação de nossos ideais.

É lícito tentar influenciar a outra parte para que se torne uma de nós.

Podemos aumentar a influencia de nossa consciência e melhorar todos a nossa volta.

É simples, basta que você viva e irradie cada vez mais, mais Luz, mais Paz e mais Amor.

Vai fazer bem a você e a todos que estão a sua volta.

Combata o “modo automático”, mantenha-se consciente e irradie sua Luz sempre !

Pramashanti

Ser e Ter

Você acordou hoje, preparou-se e saiu para mais um dia de sua vida.

Chegou lá, mas lembra-se de tudo que aconteceu no caminho ?

Olhou o dia, o Sol, as ruas por onde passou, como estavam as pessoas que passaram por você ?

Não, não era importante ?

Você abriu mão de viver este tempo. Não teve consciência, não sabe o que aconteceu. Seu cérebro estava no automático, só iria lhe avisar se acontecesse algum perigo.

Quantas horas por dia você prefere não viver ?

A grande maioria de vocês passa no mínimo 80% de sua vida sem consciência, agindo no piloto automático, fazendo as coisas que sempre fazem e as coisas que devem fazer.

O único descanso do seu Ser é quando você dorme. Neste momento Ele pode viajar, se divertir e experimentar coisas novas. Sim, felizmente o seu Ser interior nunca perde a consciência, embora você o esqueça em pelo menos 80% do seu tempo.

Graças a Deus você dorme para dar um tempo ao seu verdadeiro Ser !

Sim, você precisa ganhar dinheiro e se preparar para o futuro. Você acha que adquirindo posses e bens materiais pode garantir o seu futuro.

Você precisa juntar cada migalha e guardar, como um mendigo avarento.

Você esqueceu que é um Rei, que é um Deus.

Esta é a verdadeira queda do homem, sua expulsão do Paraíso.

Na medida em que você se apega a matéria, a este espaço tridimensional e é levado pelo rio do tempo como um barco a deriva, você prossegue na sua queda e se distancia do Paraíso.

No seu mundo, até o calendário foi alterado para que você não tenha consciência do tempo. Você está sempre perdido, às vezes não sabe nem o dia da semana nem o mês. E não tem a menor ideia de onde você está com relação aos ciclos da Lua e do Sol. Você não faz parte da natureza ?

Todo isto faz parte de um grande plano para lhe manter como um mendigo a porta do Paraíso.

Você não sabe mais quem é, nem sabe onde está, e é assim que querem que você continue.

Vivendo toda uma vida como uma máquina para aumentar o poder de quem o controla.

Reconecte-se !

Lembre que você é um Deus, resgate isso, olhe e sinta o Sol sobre você, saia à noite e sinta a magia da Lua, deixe que ela lhe inspire, que seus desejos aflorem. Sinta a grama em seus pés, e energia que vem da Terra, a brisa do vento e a Paz de uma árvore. Sinta a natureza.

Faça as pazes com o Universo, converse com ele, assuma o seu posto de Deus e determine a sua vida, você pode tudo.

Este é o primeiro passo, sentir o Universo, sentir-se NELE e UM com ele.

O segundo passo é Ser e sentir o seu Eu, a verdadeira felicidade.

Ser feliz não é ter isto ou aquilo. O mundo está cheio de gente que tem muito e continua infeliz.

Sua felicidade não pode depender do que está fora de você.

A felicidade verdadeira e perene está em seu interior e esta ninguém pode lhe tirar.

Se você acha difícil encontrar esta felicidade dentro de você, é porque o seu foco está errado.

Desde que você nasceu lhe ensinaram a olhar em volta, em ser o que esperam que você seja. Seu foco está sempre nos outros, buscando por sinais de aprovação, procurando ser reconhecido.

Seu foco está sempre fora de você.

Desvie o foco para o seu interior, para o seu Eu. Há um tesouro inexplorado no seu interior. Um universo com viagens incríveis lhe esperando. Com experiências tão fantásticas que nenhum recurso material será capaz de lhe proporcionar.

É muito simples, você está sempre buscando se sentir bem, sentir prazer e felicidade, e para isto tem procurado TER. Ter uma bela companhia e muitas posses. Mas note que estes prazeres são momentâneos. Em seguida acabam e você precisa procurá-los novamente. É um vício !

Agora imagine que todo este prazer que você procura do lado de fora, existe dentro de você, grátis e eterno, não acaba nunca !  E ainda aumenta cada vez mais !  E você não usa isto ?

Por quê ?

Porque lhe ensinaram a olhar somente para fora !

Quebre este círculo vicioso, pare e comece a olhar para dentro de você.

O início pode não ser fácil, você foi treinado por toda a vida para acreditar que não existe nada lá dentro.

Você foi condicionado a TER e não SER.

Você tem uma casa, tem um pai, tem uma mãe, tem um namorado e alguns até acham que tem uma alma.

Você é uma alma, está usando um corpo e na verdade não tem nada. Não tem nada porque tudo é muito passageiro. Além de estar preso no TER, você está preocupado em TER SEMPRE.

Então, desapegue-se e seja leve. Olhe para dentro de você, sinta-se.

Aprenda novamente a apenas SER.

Quando você sentir o Universo e sentir o seu Ser, verá que é uma coisa só … e que você já tem tudo, você é tudo  !

Desapegue !

através de Pramashanti

(No início do texto, abaixo do título, há uma opção para você deixar seu comentário, perguntas ou sugestões. Agradecemos sua participação.)

Chacras I – a origem

circlesofawakening-672x345.jpg

éter – Poesia da Criação

O Todo, o grande éter que a tudo envolve, é na verdade uma grande sopa de energia, uma massa viva, consciente, onisciente e onipresente. Um grande Mar de vida em permanente movimento, com ondulações, rios, e em eterno movimento.

Neste eterno movimento criam-se pequenos redemoinhos, vórtices de energia que produzem gradientes dimensionais e geram individualidades, novos seres e novas consciências. É o chacra primordial, ancoragem de uma nova consciência. Sim, o chacra é um vórtice de energia que ancora a consciência.

Em verdade há apenas um chacra para cada ser vivo, mas para sua compreensão podemos enxergar como se houvesse um chacra diferente para cada dimensão do Universo.

Então, neste Universo de doze dimensões vocês podem pensar em doze chacras, que são as ancoragens da consciência em cada dimensão, em cada aspecto dimensional.

Como falamos antes existem várias classes de seres, e conforme a classe, este irá transitar por determinadas dimensões do Universo, seu corpo irá incluir mais ou menos dimensões. Na visão de vocês, isto poder ser visto como a quantidade de chacras que o corpo terá.

O ser humano transita em sete das doze dimensões do Universo. Para cada uma destas vocês descrevem um chacra, que podem representar também a evolução de sua consciência.

À medida que evolui, sua consciência passa a conhecer e dominar cada vez mais dimensões. Vocês iniciam como animais, na terceira dimensão, sem noção de tempo e vivendo apenas o agora. Quando se tornam homens, descobrem o tempo (a quarta dimensão) e passam a viver exclusivamente em função dele, ficam obsecados pelo tempo. A ansiedade pelo amanhã domina suas mentes. Esta ansiedade gera o egoísmo e todos os males que vocês têm atualmente. O medo pelo amanhã gera a necessidade de posse e surgem as trocas, onde não se dá nada sem receber algo em contrapartida.

No seu estágio atual de desenvolvimento, irão transmutar este conceito de tempo vulgar e passarão a domina-lo, ingressando na consciência da quinta dimensão. Esta ansiedade pelo amanhã vai desaparecer e dar lugar a verdadeira fraternidade, ao fim das trocas egoístas. A acumulação de riquezas e o dinheiro irão desaparecer dando lugar a uma nova sociedade.

Fique um dia no campo ou em uma praça, observando como se forma um pequeno ciclone de vento, um redemoinho. Ele parece surgir do nada, dá as suas voltas e depois desaparece. Ele nasce do Todo e ao Todo retorna. É de uma beleza extraordinária, e traz dentro de si vários segredos da criação. Os físicos irão explicar o fenômeno com correntes ascendentes e descendentes de vento em temperaturas diferentes, diferenças de pressão atmosférica, mas isto não muda a questão. Em pequena escala vocês podem assistir com seria a vida de uma nova consciência, que no caso de vocês leva alguns milhões dos seus anos.

Entendam que cada um de vocês continua sendo uma parte da grande consciência em uma pequena aventura de conhecimento. Que vocês todos são Um e que ao mesmo tempo são o Todo, são Deuses.

através de Prama Shanti
(sobre a autoria …)

Participe de nossos workshops, 
acelere a sua transformação de consciência,
seja mais Feliz e faça a diferença no mundo !

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração, meditação budista tradicional,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • Reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica,
  • “Respiração dos 7 Chacras”,
  • alinhamento e energização dos chacras.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

Mágoas

Maui-Couples-Photographers-.jpg

Sentir mágoa, ressentimento é o resultado de uma expectativa não realizada, com relação a outra pessoa.

Ter expectativas, esperar este ou aquele comportamento do outro é a grande causa dos problemas de relacionamento.

Ter expectativa é cobrar de outro um pagamento por coisas que fizemos. Este é o grande erro. Precisamos ter consciência de que tudo que fazemos, fazemos por nós mesmos. Você não faz nada pelo outro, faz porque você quer fazer.

Esta história de que fazemos coisas para ajudar, para fazer o outro feliz é uma grande hipocrisia. Tudo que você faz, faz porque quer, porque se sente bem fazendo. Se você está ajudando o outro, esta ajudando porque se sente bem fazendo isso. Se ajudar o outro lhe causasse desconforto, se fosse ruim, você não o faria. Nós somos assim, não fazemos nada que de uma forma ou outra não nos traga um prazer. Este prazer pode estar escondido no fundo de nossa mente, mas ele existe.

Então, o primeiro passo é você assumir que tudo que você faz, está fazendo porque você quer, porque lhe faz bem.

Então, não cobre nenhum retorno do outro pelas coisas que você fez. Seu filho, sua esposa, seu marido, … estão aí, e você não faz nada para eles por ser bonzinho. Se você quer se sentir uma mãe maravilhosa, um grande pai, uma esposa perfeita, um marido exemplar, é apenas para satisfazer o seu ego. Encare esta verdade, você não é nenhum ser perfeito trabalhando apenas pelo bem dos outros. Você e todos os outros a sua volta fazem as coisas porque lhe dão ou vão dar prazer.

Fazer algo se enganando que está fazendo pelo outro, gera expectativas e cobranças. É impossível para o outro saber o que se passa dentro de sua cabeça e entender exatamente o que você espera de retorno, Cada um tem a sua própria leitura da vida, cada um enxerga as coisas de sua ótica, através do seu filtro.

Este é o segundo passo, não esperar a resposta que você quer, entender que o outro vai fazer uma leitura diferente daquilo que você fez. Não espere o retorno, porque mesmo que o outro queira retribuí-lo, não será da forma que você espera.

Então, faça tudo com a consciência de que está fazendo porque você quer, assuma que aquilo lhe faz bem e você vai ver que esta consciência vai lhe trazer muito mais prazer por aquele ato.

Você vai entender porque lhe faz bem, vai mergulhar inteiramente naquele ato, vai fazê-lo melhor, com muito mais prazer e isto lhe bastará, você já terá sua recompensa instantânea. Não vai precisar que o outro lhe recompense.

Se quiseres preparar um café da manhã para a pessoa que ama, e surpreendê-la, faça-o e mergulhe todo seu ser nesta tarefa, absorva o prazer de cada instante, de cada detalhe da preparação. Entregue ao seu amor e curta cada detalhe, cada expressão do seu rosto, absorva aquilo e sinta todo o prazer que você merece. Depois, sinta-se satisfeito, compreenda que foi bom para você e que o outro não precisa retribuir. Não espere que lhe façam o café da manhã no dia seguinte. Se você não quiser repetir mais isso, não repita, mas também não cobre nada do seu amor. Você simplesmente fez o que queria e lhe deu prazer. Isto basta, acabou, não espera nada em troca. Você fez porque quis e foi bom para você ! Só isso ! Acabou !

Somos criados e condicionados em fazer trocas, queremos sempre algo em troca por tudo que fazemos, e quando a troca não se realiza, quando não recebemos a contraparte, ficamos magoados. Passamos nossa vida, nosso dia fazendo trocas. A própria troca é errada, e fazer troca de sentimentos é mais errado ainda.

A troca vem do medo de não ter, vem da insegurança. Estamos desconectados do Universo, da Natureza, e não confiamos nela. Quando esta conexão ocorre, nada nos falta. Quando temos certeza de que nada nos faltará, a troca perde o sentido.

Pode ser difícil para você agora entender que nada de material vai lhe faltar, mas pelo menos entenda que quanto mais amor você der, mais amor você terá. O amor não se esgota, lembre-se que você não dá amor, você faz Amor. Você é uma fábrica inesgotável de Amor e quanto mais você fabricar, mais vai lhe sobrar. Deixe esta idéia entrar em você, você não precisa trocar amor, porque você pode fazê-lo à vontade, quanto mais amor você fizer, mais amor você vai ter. Não troque Amor, isto não existe !

Entenda que só existe um tipo de amor, o Amor incondicional, o resto não é amor, são coisas que lhe disseram que devia acompanhar o amor. São agregados que a sociedade fez para destruir o amor.

Então, resgate o amor incondicional, faça amor porque você quer e lhe faz bem e não espere retornos. O retorno vem do Universo e não das pessoas, e o tempo não existe, o retorno virá quando o Universo determinar. Não espere, esperar é parar e parar é morrer. Simplesmente viva e celebre a vida !  A vida está aqui agora, ao seu lado, a sua volta, em você. Sinta isso  e celebre, celebre muito !!!  Viva !

através de Pramashanti

 (sobre a autoria …)

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

Nosso Segundo Corpo – Céu e Inferno

Com a perda do corpo físico, perdemos também nosso chacra raiz ou Muladhara.

Nosso ser agora não consegue mais extrair diretamente a energia de Gaia e perdemos nossas emoções sexuais e reprodutivas. Passamos a ter consciência de mais uma dimensão temporal e obtemos domínio sobre o tempo vulgar que conhecíamos na dimensão anterior.

Podemos nos deslocar no espaço e no tempo vulgar com facilidade e adquirimos consciência das realidades alternativas da segunda dimensão temporal. Nossa ligação com a mãe Terra é muito sutil e nossa ligação com o Cósmico se acentua.

Inicialmente trazemos conosco o ectoplasma que herdamos de nosso corpo físico e também a capacidade de manipulá-lo. Pouco a pouco nos desprendemos deste material denso e conseguimos alçar voo às camadas mais sutis e mais leves desta dimensão.

Alguns, saudosos das sensações que perderam preferem arraigar-se às camadas mais baixas. Apegam-se ao ectoplasma, como uma maneira de continuar satisfazendo seus desejos materiais. Desta forma vibram em frequências mais baixas e aproximam-se de seres ricos em ectoplasma.

Nestas camadas mais inferiores o ectoplasma é a grande mercadoria de troca. É o dinheiro que compra favores e satisfaz desejos. Formam-se verdadeiras empresas manipuladoras deste material, que além de confiscar este material dos fracos que acabaram de chegar e não possuem proteção, criam mecanismos extratores de ectoplasma da terceira dimensão.

Como matéria mais densa, nesta faixa o ectoplasma pode ser manipulado mentalmente e utilizado inclusive para aprisionar os seres que aqui trafegam.

Cria-se um verdadeiro sistema de dominação com hierarquias, diretorias, presidências e grupos muito bem organizados. O ectoplasma é a riqueza deste local. É a matéria universal, que permite aprisionar, construir cidades e dar prazer de todas as formas àqueles que ainda estão ligados aos sentimentos da terceira dimensão.

É claro que estes seres são espíritos atrasados que se ligam aos vícios materiais e optam por não ascender dimensionalmente. Procuram o prazer pessoal de todas as formas, principalmente através do poder. Criam mecanismos complexos, formas pensamento pesadas que atuam como verdadeiros robôs, e adquirem formas de poder do inconsciente coletivo afim de causar medo. Assumem formas diabólicas e poderosas para causar impacto aos recém-chegados e dominá-los.

Quando chegamos aqui pela primeira vez, trazemos uma ligação maior ou menor com nossos desejos e com a matéria densa, e carregamos uma carga equivalente de ectoplasma. O desejo material diminui nossa frequência vibratória e facilita a aderência do ectoplasma. De acordo com o estado em que chegamos, atraímos seres com a mesma vibração, para nos “recepcionar”.

Também encontramos em nossa chegada alguns amigos, mentores, guias e conhecidos, que nos acompanharam em nossa jornada terrena. Este grupo vai procurar nos ajudar e nos encaminhar a lugares mais seguros. É o nosso comitê de recepção, composto daqueles que nos auxiliaram na vida física.

Dependendo do caso, trava-se uma verdadeira batalha pela posse do recém-chegado, pela “carne fresca”. Seres mais evoluídos desencarnam e sobem rapidamente evitando esta batalha. Seres muito apegados aos prazeres desembarcam em locais mais densos, de difícil acesso aos seres mais evoluídos, sendo presas fáceis das organizações trevosas. No meio termo, ocorrem as batalhas em maior ou menor proporção, entre os seres de luz e os seres trevosos.

Os seres que acabam nos locais mais densos são forçados a participar das organizações trevosas, fornecendo material denso e atuando como dementadores que procuram levar os seres encarnados ao caminho dos prazeres e vícios terrenos, com a finalidade de lhes extrair ectoplasma para benefício das organizações trevosas.

Os seres com menos apego que são encaminhados às áreas mais leves, desfazem-se da matéria densa e dirigem-se às organizações que lutam pela elevação espiritual do Todo. Aqui também se utiliza alguma matéria densa, que é doada em sessões espíritas e outros eventos de harmonização espiritual. Neste caso são materiais bem menos densos. Aqui tudo possui uma densidade bem menor que nas zonas inferiores.

Esta diferença de densidade impede o contato direto entre estes dois mundos. Os seres trevosos, das áreas mais densas precisariam se descartar de toda matéria densa para chegar aqui, e neste caso chegariam sem defesas. Os seres de luz também não possuem densidade suficiente para atacar as bases trevosas, são extremamente leves e não conseguem interferir nas lides trevosas.

É através do trabalho apométrico, que legiões de seres de Luz, recebem por empréstimo o corpo etérico de médiuns, realizando um acoplamento através dos chacras. Formando verdadeiras equipes de assalto, invadem e destroem fortalezas trevosas para libertar seus escravos e destruir os equipamentos que prejudicam seres encarnados.

Nestes dois mundos, várias são as organizações criadas. Como em nosso mundo físico, cada organização trevosa se especializa em influenciar um tipo de negócio no mundo físico: prostituição, drogas, guerras, jogos de poder, desavenças. Enfim, tudo que leve aos prazeres e aos vícios. Muitas possuem empresas e governos neste mundo que atuam como braço físico de suas operações.

Do outro lado, igualmente criam-se organizações destinadas a socorrer e intervir em vários níveis, para influenciar pela elevação espiritual, respeitando o livre arbítrio de cada um. Muitas religiões e filosofias do nosso mundo físico são apenas o reflexo de grandes organizações astrais que se empenham nestas lides, procurando anular a influência trevosa aqui e destruir suas bases na outra dimensão.

Não podemos mais continuar sendo ingênuos, precisamos ter consciência que não é possível ficar encima do muro. Por tudo que fazemos e sentimos, estaremos sempre atuando de um lado ou de outro. A escolha é nossa. Esta é a visão real de Céu e Inferno !

através de Prama Shanti

Participe de nossos workshops, 
acelere a sua transformação de consciência,
seja mais Feliz e faça a diferença no mundo !

Para ver informações e depoimentos sobre nossos workshops,
clique nos links abaixo:

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração, meditação budista tradicional,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • Reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica,
  • “Respiração dos 7 Chacras”,
  • alinhamento e energização dos chacras.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com.