Amor e Lealdade

172171-fotolia-59879892-m-570x340

Uma coisa muito fundamental tem de ser lembrada: o homem é muito hábil em criar falsos valores.
Os verdadeiros valores exigem a sua totalidade, requerem todo o seu ser.
Os falsos valores são muito fáceis de adquirir. Eles se parecem com os valores verdadeiros, mas não requerem a sua totalidade – apenas uma formalidade superficial.
Por exemplo, em lugar do amor, da confiança, nós criamos o valor falso da “lealdade”. A pessoa leal está apenas superficialmente preocupada com o amor. Ela representa todos os gestos do amor, mas não quer dizer nada com eles, o seu coração fica de fora desses gestos formais.

Um escravo é leal – mas você acha que alguém que seja um escravo, que teve sua condição humana diminuída, de quem todo o orgulho e toda a dignidade foram tirados, pode amar a pessoa que o prejudicou assim tão profundamente ? Ele a odeia, e odeia profundamente. (…)
Mas na superfície ele vai permanecer leal – e precisa. Ela não faz isso por prazer, mas por medo. Não é por amor, é por causa de uma mente condicionada que diz que se deve ser leal ao seu senhor. É a lealdade do cão ao seu dono.

O amor precisa de uma resposta mais completa. Ele se deve não a uma obrigação, mas às batidas do seu coração, ao seu sentimento de satisfação, ao desejo de compartilhá-lo. A lealdade é uma coisa horrível. Mas por milhares de anos ela tem sido um valor muito respeitável porque a sociedade tem escravizado as pessoas de diversas maneiras. (…)

O amor é uma experiência perigosa, porque você está possuído por algo que é maior do que você. E não é controlável, não se pode produzi-lo com uma ordem. Depois que ele se foi, não há como trazê-lo de volta. Tudo o que se pode fazer é fingir, é ser um hipócrita.

A lealdade é uma questão totalmente diferente, ela é fabricada pela sua própria mente, não é algo além de você. É um aprendizado dentro de uma determinada cultura, assim como qualquer outro aprendizado. Você começa atuando, e pouco a pouco, começa a acreditar na sua atuação. A lealdade exige que você seja sempre, na vida ou na morte, devotado à pessoa, quer o seu coração deseje isso ou não. É uma versão psicológica do escravismo.

O amor dá liberdade.
A lealdade produz escravidão.
Na superfície, ambos se parecem, no fundo, são radicalmente opostos, diametralmente opostos.
A lealdade é uma interpretação, você foi treinado nela.
O amor é espontâneo, toda a beleza do amor está na sua espontaneidade. Ele vem como uma brisa com um agradável perfume, preenche seu coração e de repente, onde havia um deserto, existe um jardim cheio de flores. Você não sabe de onde ele vem, mas sabe que não há como produzi-lo. Ele veio um dia, como um estranho, como um convidado, de repente um dia ele vai embora. Não há como prendê-lo, não é possível segurá-lo.

Osho, em Intimidade

Texto do workshop “O Desapego nos Relacionamentos

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica.
Anúncios

Sinta mais, Pense menos

1493209_290182604512055_55528045052632068_n

Quando Jesus traz a boa nova do reino de Deus, ninguém crê nele.
Quando Buda fala do infinito vazio interior, ninguém crê nele.
Nós não podemos crer!
Como podemos crer a menos que venhamos a saber?
Pelo menos um vislumbre é necessário.

Nós vivemos num inferno tão terrível que a notícia sobre o reino de Deus parece apenas um sonho, talvez poesia, mas nada mais. A religião não parece mais que literatura de ficção – uma boa ficção, mas nada mais. Tem que ser isso, porque você não sabe onde está, o que está acontecendo ao seu redor. Você é tão insensível, fechado…

Abra as janelas, abra as portas !
Saia da prisão, coloque-se sob os céus. Sinta novamente ! Pensar não ajuda.
Em seu íntimo, você pode continuar pensando sem cessar, mas sem abrir uma única janela. Só o sentimento consegue tirá-lo de si mesmo – mas você fica com medo de sentir e sente-se à vontade pensando… e com tanto medo de sentir, justamente porque o sentir o tirará de dentro de si mesmo. O sentir o trará de volta ao fluxo da vida. Você estará no rio, movendo-se em direção ao oceano.

Sinta mais, pense menos, e aos poucos você verá que, quanto mais sente, mais relaxado você fica. Quanto mais você sente, mais ciente se torna do segredo da vida – de que não precisa fazer nada a respeito dela, só tem que estar disponível. Apenas disponível, afirmo, e tudo vem até você.
Uma vez que a idéia se estabeleça, tudo desaparece.

O amor é o verdadeiro centro de todos os sentimentos, o amor é a alma de todos os sentimentos. Todos os sentimentos dependem do amor.
Se você não ama, todos os sentimentos acabam desaparecendo.
Se você ama, todos os sentimentos são reanimados.

Alguém pediu a Santo Agostinho: “Diga-me numa frase, numa frase simples, a mensagem total de Cristo, porque eu sou um homem ignorante e não consigo entender as sutilezas da teologia. E não sei muito sobre moralidade, portanto não me dê doutrinas complexas, para que eu possa entender e seguir.”
Dizem que Santo Agostinho fechou os olhos, meditou e em seguida disse: “Então só há uma coisa a fazer – ame, e tudo o mais será conseqüência.”

O amor é  maior moralidade, porque ele eleva a parte de você que é sentimento e rebaixa a parte que é pensamento. Não há nenhum problema com a parte pensamento, mas ela assume a função de mestre, o que é errado.
A razão é boa, desde que ajude ao sentimento.
O sentimento deveria ser o mestre e a razão, o servo.
O sentimento deveria guiar e a razão, apenas administrar.
Mas, se a razão se torna o mestre e o sentimento apenas a segue, você morre, pois como pode permanecer vivo só com a razão? A vida é sentimento.
As árvores podem existir sem a razão, mas não sem o sentimento.

Hoje em dia, até os cientistas estão se tornando cada vez mais cientes de que as árvores sentem e sentem tremendamente. Estrelas, rochas, rios, – eles não podem existir sem sentimento. O sentimento é a vida deles. Pássaros, animais, o todo – existem com sentimento. O homem é a exceção. O homem está de cabeça para baixo. A cabeça se tornou a parte proeminente, e ela tem suprimido o sentimento.

É bom sentir, e se o sentimento envolve você, então, nada há de errado em pensar. Se o sentimento vem depois do sentimento – ótimo, ele ajuda. É como um radar. Ele abre caminho para o sentimento agir. Ele protege o sentimento dos perigos. Ele ajuda o sentimento a saber o que vai acontecer em seguida, a planejar um pouco. O pensamento é bom ! Mas bom, apenas como servo.

Se você ama, terá uma afinidade profunda com a existência. As árvores falarão com você. Os pássaros começarão a se aproximar de você. Os animais não terão medo de você – não será preciso. O homem cria o medo por causa da cabeça. Com o coração, ele está novamente unido ao universo.

Ouça esta história:

Era uma vez, um homem que vivia na praia e amava as gaivotas. Todas as manhãs ele descia até o mar para passear com as gaivotas. E mais de centenas de pássaros vinham brincar com ele.

Um dia, seu pai lhe disse: – Eu ouço as gaivotas ao seu redor, passeando com você – traga algumas para brincar comigo.

No dia seguinte, quando foi até o mar, as gaivotas dançavam acima dele … e não desceram.”

As gaivotas não entendem o que você está pensando com a mente, mas entendem as vibrações que você cria à sua volta – e você está continuamente criando vibrações à sua volta. Você é um transmissor contínuo de vibrações. Aconteça o que acontecer em seu coração, é como se alguém jogasse uma pedra num lago, formam-se círculos concêntricos e eles se alastram – chegam até à margem e espalham-se por toda a volta.

Aquelas gaivotas não sabem exatamente o que o pai pediu ao filho, porque elas não entendem a língua local do homem. Elas não sabem o que de fato aconteceu, mas no fundo sabem que aquele homem não é o mesmo. Foi outra pessoa que chegou, foi um estranho, não o velho amigo. Agora ele veio com uma idéia. A idéia não é conhecida, mas por todo o corpo ele não está mais num estado de entrega. Ele tem alguma idéia para pôr em prática, algum plano, algum desejo. Ele não á o mesmo homem descontraído com quem as gaivotas se sentiam à vontade.

E esse é o segredo de toda a vida: não só as gaivotas, mas a felicidade, a meditação, o êxtase – tudo isso vem quando você está num estado de total entrega, numa disposição profundamente amistosa, numa atitude amável para com a existência. Quando você está de coração aberto, tudo isso vem. Quando você quer forçá-las e acredita que a felicidade é algo como um direito seu, que ela tem de ser conquistada, de repente, as gaivotas da felicidade não descem mais à praia. Elas dançam acima da sua cabeça, mas não descem para brincar com você, para dançar com você, para pular e saltitar! Não, elas nunca se tornarão uma unidade com você. Elas não descerão para o seu ser.

Sim, a felicidade é uma gaivota. A meditação também é uma gaivota. O êxtase é uma gaivota. A existência só compreende a entrega. Se você se entrega, alcança. Você alcança tudo o que esta existência puder lhe dar –  e ela pode lhe dar bênçãos infinitas, graça infinitas. Pode lhe dar total saciedade, contentamento. Você pode se tornar um Buda.

A existência está disposta a dar, mas você não está disposto a receber, porque está pensando em como agarrá-la. A existência lhe dá como dádivas, você não pode agarrar, não pode conquistar, não pode alcançar. Por favor, renda-se. Por favor, entregue-se.

Tudo o que é belo, é como as gaivotas. Lembre-se disto: nada pode ser feito. A vida não tem portas dos fundos. Você não pode roubar a vida. Não pode ser um ladrão. A vida dá, e dá infinitamente, e dá incondicionalmente. Por favor, esteja num estado de entrega. Deixe as gaivotas descerem. Não é preciso esforço. O esforço é a porta dos fundos. É preciso sim, a ausência de esforço.

É preciso ter paciência.
É preciso ter poesia.
Deixe a vida acontecer, não tente forçá-la.
Através do fazer, só coisas sem valor são alcançadas.
Através do não fazer, pode-se alcançar tudo o que é belo, tudo o que é sagrado, tudo o que é divino.”

Osho, em O homem que amava as gaivotas.

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica.

Tantra e Massagem

kundalini massagem 1 441x201

Algumas correntes antigas do Tantra pregavam uma rígida disciplina pela qual o adepto passava anos sendo orientado por um Mestre. Aprendia filosofia e técnicas de controle muscular que lhe permitiam atingir orgasmos não sexuais para ascender a kundalini. Era um caminho longo que prendia o adepto ao seu Mestre e criava um vínculo cármico.

Isto acontecia numa época em que o planeta vibrava numa freqüência mais baixa, todos estavam em estado Alfa e alcançavam os estados Theta e Delta com facilidade. O tempo fluía em outra escala e a vida era mais lenta.

Hoje estamos em outros tempos, o planeta vibra em Beta, todos são arrastados a esta freqüência, a fugacidade do tempo é muito grande, ninguém mais consegue acompanhá-lo, o tempo se esvai entre os dedos e não se consegue fazer o planejado.

Ao mesmo tempo estão todos em um processo de evolução acelerado, é a época do Homo Spiritus, do sentir. Finalmente vocês aprenderão a pensar com os sentimentos. Hoje o sentimento é um escravo da razão que os aprisiona. Isto começa a se inverter e a razão passará a trabalhar a serviço dos seus sentimentos.

Também é a época de sentir que são todos um só organismo. Não são simplesmente irmãos, são um só !

Não há mais tempo para longos períodos de estudos e também não há mais a necessidade de Mestres. Agora pelo sentir todos deverão encontrar o seu Mestre Interior.

Antigamente a massagem guiada pelos sentimentos era uma prática freqüente entre os mais próximos. Era uma forma pura de interação entre as pessoas. Este contato íntimo e puro desapareceu da sua sociedade depois que o homem passou a ver vergonha e malícia em tudo. Na medida em que o sentimento prevalecer, esta prática voltará a ser utilizada.

Tantra é coração, é o sentir, sentir que são todos um. Não são mais necessários aqueles longos períodos de pratica para o autocontrole muscular. O trabalho da kundalini agora deve ser feito pela massagem, sem Mestres e em atitude de unicidade com aquele que faz a massagem e toda a humanidade. Em um estado de fusão com o Todo, de mergulho neste vasto Oceano Universal.

através de Prama Shanti em 25/06/2015

Atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica.

Tantra e Supraconsciência

603304_526564997361753_1956967307_n

Tantra é a forma mais pura de amor ao divino, de exaltação da natureza e de contemplação a tudo que existe. Sua forma despreconceituosa de encarar a vida é a mais pura experiência de liberdade que um ser deste mundo pode experienciar.

Esta suprema liberdade vem da experiência obtida com a supraconsciência, onde podemos sentir a impermanência do Todo, ser uma pequena gota imergindo no grande oceano da criação. Experienciar a consciência do Todo e do Nada ao mesmo tempo, entender a vida em sua fugacidade e o que realmente importa.

Sim, entender, porque por uma pequena fração infinitesimal de tempo que vale por um milênio, somos tomados de assalto pelo oceano da supraconsciência. Neste pequeno instante em que mergulhamos neste oceano, conseguimos ser o senhor dos dois mundos. Nosso racional ainda vive e pode entender neste relampejo de tempo, toda a maravilha da criação.

Neste pequeno instante, o homo Sapiens e o homo Spiritus se encontram frente a frente e se reconhecem. Recebemos a compreensão da unicidade e mergulhamos no oceano do sentir. Finalmente podemos sentir que as duas grandes forças do universo, o masculino e o feminino são uma só criação.

Na volta, olhamos este mundo diferente, enxergamos os desequilíbrios resultantes da aplicação desigual destes princípios. Da falta da consciência feminina, que destrói nosso planeta, escraviza o homem e causa toda a violência, do excesso de racionalidade que escraviza as mentes e constrói esta grande boiada humana que caminha sem destino.

Esta supraconsciência que nos toma de assalto é produzida pela chegada da kundalini ao chacra coronário. Quando esta ascensão é permanente produz os verdadeiros iluminados. Na massagem tântrica criteriosa e correta, aplicada por quem realmente conhece a filosofia tântrica, o funcionamento dos chacras e a manipulação da kundalini, esta ascensão é conduzida criteriosamente, provocando espasmos involuntários na musculatura de todo o corpo, liberando bloqueios emocionais que se armazenam na couraça muscular, liberando emoções reprimidas por anos e criando uma sensação orgástica em todo o corpo que vai se acentuando com a subida da kundalini. Ao chegar ao coronário, a kundalini produz um orgasmo não sexual que pode durar mais de trinta minutos, produzindo uma experiência única de supraconsciência.

Prama Shanti, em 23/06/2015

 

Atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • Reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica.
  • palestras e cursos sobre espiritualidade.

Meu Lugar Feliz

1432053699

Lembrei-me do gênio e seus três pedidos.

Eu queria apenas um. Pensei em pedir dinheiro, mas me parece que a maioria das pessoas com muito dinheiro são infelizes …  Então pensei em pedir dinheiro e felicidade, mas são 2 pedidos e cada um deles teria a metade da força. Abri mão do dinheiro e me concentrei na felicidade. Mas para uma felicidade completa eu precisava de algumas respostas. Não consegui ficar com apenas uma coisa.

Pareceu-me impossível ter a felicidade sem estas respostas. Não conseguiria pedir uma coisa que não acreditava ser possível, e não consigo pensar em ser feliz sem responder estas perguntas. Para respondê-las precisava vasculhar minhas vidas passadas.

Quem senão meu Eu mais interior as teria ? Porque Você escolheu que eu passasse por tantas provas nesta vida ? Cansei de penar, acho que o caminho que Você me escolheu foi demais tortuoso e decidi mudar esta programação.

Vou encontrá-lo, descobrir as respostas que procuro, fazer girar a roda do karma pelo conhecimento e definir outros caminhos.

Preciso de um lugar mágico que me permita abrir esta porta e ir ao seu encontro.

Vasculhei minhas memórias procurando aquele instante singular, sem igual em minha vida. Lá deveria estar a porta de acesso a este lugar-pessoa que tem as minhas respostas. Por estas coincidências que não são coincidências encontrei este instante singular, e é claro que naquele momento minha alma gêmea estava comigo. Pena que éramos muito jovens e não enxergávamos o mundo como ele realmente é. Infelizmente ela partiu deste mundo sem que tivéssemos consciência do que realmente acontecia naquele momento.

Entrei na mesquita de AyaSofia novamente esperando que aquela tonelada de Paz caísse sobre mim esmagando e expulsando tudo de ruim que me cercava.

Mas desta vez foi diferente. Aquela Paz desceu sobre mim, me cercou, envolveu e me elevou no ar. De repente meu corpo estava leve e flutuava. Subia pela abóbada da mesquita em direção ao seu teto. No meio do caminho fui envolvido novamente por outra energia. Desta vez rosa e azulada …  Era minha amada e guardiã que chegava e se misturava ao meu ser, envolvendo-me com seu amor.  Senti todo meu ser sendo abraçado e acariciado. Uma carícia profunda em todas as dimensões. Uma sensação que eu nunca antes havia imaginado existir. Um amor cósmico intenso e integral, uma sensação completa que me tocava, acariciava e beijava em cada átomo de meu ser, me fazia sentir uno com ela.

E nós subíamos neste êxtase profundo em direção ao teto. Eu pensava que queria ficar neste êxtase para o resto de minha existência. A sensação era indescritível. Aprendi com a vida o verdadeiro significado de muitas palavras, tais como desgraça, loucura, amor, tristeza, alegria, perdas, … Aprendi que somente vivenciando profundamente estes sentimentos conseguimos entender o real significado de cada uma delas.

Agora aprendia o contrário, um sentimento de tamanha proporção que nenhuma palavra consegue descrevê-lo, conseguem chegar apenas a uma fração do seu significado. Talvez palavras como êxtase profundo, plenitude, sagrado, elevação, completo, leveza, prazer supremo e totalidade cheguem perto de expressar este sentimento.

Envolto nesta sensação de plenitude e êxtase chegamos ao topo da mesquita, ultrapassamos abóboda e entramos numa sala estreita e comprida, com o piso revestido de tapetes árabes, uma atmosfera serena e de paz, e senti uma estranha sensação de estar lá e ao mesmo tempo não estar em lugar nenhum. De estar fora do tempo. Também notei que minha amada não mais me acompanhava.

Eu estava dentro de meus arquivos akássicos. Infinitas gavetas que mudavam de forma constantemente. E em uma delas estava a minha resposta. Pedia que a gaveta certa se abrisse, mas elas continuavam mudando de forma cada vez que as olhava. Algumas pareciam começar a se mexer, me dando a esperança que fossem abrir-se e apresentar a vivencia que eu procurava. Mas parecia ser apenas um movimento involuntário. Por mais que eu me concentrasse elas não atendiam ao meu desejo.

Por vezes algumas cenas começavam a se formar na minha frente, mas quando tentava entrar dentro delas, elas se desfaziam e eu voltava ao mesmo lugar. Após várias tentativas, senti-me cansado.

De repente fui puxado para fora e me vi novamente envolto por minha musa e guardiã. Junto com a decepção de não encontrar minha resposta, veio o prazer de estar literalmente envolto em seus braços. Milhares de braços que me envolviam e me afagavam dando-me o refresco que eu tanto pedia nesta vida. Novamente aquela vontade de permanecer assim eternamente envolto neste afago indescritível …

Mas outra parte do meu eu assumiu o controle e me levantei. Mas permaneceu comigo a lembrança daquela sensação indescritível. E basta sua lembrança para dar-me forças e ter certeza que fui levado à outra realidade, e que tudo está prestes a mudar.

Ayasofya_Mosque_Museum_2_by_musco 600l

Mais tarde em minha vida, eu entenderia o significado daquelas gavetas e seu abrir e fechar. Muito lentamente minha consciência iria assimilando cada uma daquelas gavetas em movimento. E aquela pequena sala seria revisitada incontáveis vezes …

Gaspare_Fossati_-_Louis_Haghe_-_Vue_générale_de_la_grande_nef,_en_regardant_l'occident_(Hagia_Sophia_-_Ayasofya_Mosque_nave)2 400

Prama Shanti, em 09/03/2013
(sobre a autoria …)


* Participe de nossos workshops, 
   acelere a sua transformação de consciência,
   seja mais Feliz e faça a diferença no mundo !

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração, meditação budista tradicional,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • Reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica,
  • “Respiração dos 7 Chacras”,
  • alinhamento e energização dos chacras.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

Workshop com iniciação de Reiki I e II

Curso004-Reikli.jpg

Consulte sobre datas e cidades (pramashanti@gmail.com).

REIKI – Sistema Usui de Cura Natural – Curso Completo

  • Teoria e Prática
  • Turmas Reduzidas
  • Níveis Progressivos
  • Totalmente Apostilado
  • Nível Máster em 4 Níveis
  • Um encontro para cada Nível
  • Encontros com 6h de duração
  • Receba a Primeira apostila antes do Curso

Pré-Requisitos

  • Ser maior de 18 anos
  • Abster-se de Carne e Álcool desde os três dias que antecedem o curso

Níveis de REIKI

  • Nível I – Shoden: sintoniza o reikiano para realizar auto-aplicações e tratamentos presenciais pela imposição das mãos
  • Nível II – Okuden: para o trabalho à distância e reduzir o tempo de aplicação.
  • Nível III – Shinpiden ou Mestre Interior: desenvolve o grau máximo de canalização necessária ao uso de técnicas avançadas e elevação espiritual.
  • Nível IV – Shihan (Reiki Máster): para poder ministrar cursos em todos os níveis e iniciar outras pessoas nesta energia, com o compromisso de difundir o Reiki através de cursos e iniciações.

Obs.: Atualmente, as técnicas de Iniciação antes transmitidas no nível III foram reservadas para o nível IV, tornando o compromisso de difundir o Reiki através de cursos e iniciações exclusivo ao praticante deste nível


 

Conteúdo Programático

 

Reiki I – Shoden / Nível Básico

Porta de entrada para o Reiki. Destinado a quem deseja usufruir do Reiki nos níveis físico e material através de técnicas presenciais e iniciar sua jornada espiritual. Não demanda conhecimento nem habilidades especiais, apenas a imposição das mãos

  • Introdução: O Sistema Usui, Anatomia Energética, Posições Básicas de Aplicação e Auto-Aplicação.
  • Técnicas Básicas: Tratamento e Auto-Aplicação, Tratamento dos chacras e Abdômen, Reiki em Alimentos e Bebidas, Reiki em Animais e Plantas.
  • Auto-Desenvolvimento e Espiritualidade: Reiki e Auto-Desenvolvimento, Reiki em Grupo, Os Cinco Princípios como Caminho Espiritual, Meditação com Mandalas.

Reiki II – Okuden / Nível Avançado

Destinado aos que possuem o Nível I e precisam reduzir o tempo de aplicação, potencializar resultados, trabalhar à distância e atingir os níveis mental e emocional. Aprende-se a traçar e utilizar adequadamente os símbolos de Reiki.

  • Revisão do Nível I
  • Técnicas com o Símbolo1: Limpeza, Purificação, Harmonização, Transmutação, Materialização, Potencialização e Proteção, Proteção contra Agressores, Aplicação em Água, Alimentos, Objetos e Ambientes, Doenças Físicas, Mentais e Emocionais, Energias Negativas e Formas-Pensamento, Transmutação de Pensamento Negativo.
  • Técnicas com o Símbolo2: Vícios, Hábitos, Costumes e Memória, Níveis Mental, Emocional e Espiritual, Padrões de Pensamentos e Sentimentos.
  • Técnicas com o Símbolo3: Tratamento dos chacras Superiores, Registros Akásicos, Portal do Tempo e Espaço, Passado e Trauma, Programação de Reiki atrelado a contexto, Reiki para situações diversas, como Entrevistas, Audiências, Palestras, Cirurgias, etc.
  • Técnicas Avançadas: Reiki como Caminho Espiritual, Respiração e Meditação dos Chacras, Preparação, Proteção e Potencialização de Tratamento e Auto-Aplicação, Tratamento Emocional e Mental, Tratamento à Distância, Programação de Metas, Técnica do Caderno e Técnica da Caixa, Limpeza de Cristais, Energização de Objetos.

Reiki III – Shinpiden / Mestre Interior

Destinado a quem possui o Nível II e pretende atingir o nível existencial e aprimorar o caminho para a elevação espiritual.

  • Revisão dos Níveis I e II
  • Técnicas com o Símbolo 4: Potencialização, Harmonização e Cura Existencial.
  • Técnicas Avançadas: Ativação do Chacra Coronário, Reiki para o Mundo, Meditação com Yantras, Programação de Cristais, Mandalas de Cristais para Cura e Elevação Espiritual, Mandala de Bolso, Cirurgia Energética. Projeção Astral, Clarividência e Regressão.

 

Reiki IV – Shihan / Reiki Máster

Destinado àqueles que atingiram o Nível III e desejam assumir o compromisso de difundir o Reiki através de cursos e iniciações mediante uma canalização plena do Reiki. Reikianos iniciados por outros mestres devem cursar o nível Shinpiden previamente ao Shihan a fim de unificar os símbolos e técnicas.

  • Revisão de Técnicas de todos os Níveis para Ensino
  • Técnicas com os Símbolos 5 e 6: Orientação de Vida pelos 5 Princípios, Técnicas Respiratórias Avançadas, Cerimônia da Água, Formato e Conteúdo das Aulas, Rituais de Sintonização para iniciação em todos os níveis.

Mais informações pelo email: pramashanti@gmail.com

Workshop “O Desapego nos Relacionamentos”

A História deste Workshop

Em 2015 Prama Shanti canalizou e publicou um texto sobre “O Desapego nos Relacionamentos”. Em poucos dias este texto se tornou viral e espalhou-se pela Internet. Hoje ele já foi lido par mais de sete milhões de pessoas.

A aceitação deste texto e o número de contatos recebidos nos levou a organizar um workshop que trata-se deste assunto, que igualmente foi assessorado através de canalizações.

Hoje já são mais de 30 turmas e centenas de pessoas que tiveram suas vidas transformadas para melhor, através de uma nova visão sobre os relacionamentos e os apegos que desenvolvemos em nossas vidas. com pessoas, bens materiais, trabalho, etc.

Clique aqui para ver o texto sobre “O Desapego nos Relacionamentos”

Workshop com teoria, práticas e certificado.

Fazer este workshop é iniciar um novo caminho de transformações
e ressignificação das coisas pelas quais nos apegamos e sofremos.

wdr001-04.jpg

Ser feliz exige uma grande coragem,
permita-se ser Feliz !

wdr001-05.jpg

Consulte mais datas deste e de outros workshops na Agenda da Escola de Deuses.

 Verifique a disponibilidade
e faça sua reserva agora 
pelo Whatsapp (11) 98166.3377

 

Ministrante 

Prama Shanti – é terapeuta holístico, com mestrado em Reiki Master Usui System e especializações em Coerência Cardíaca, Terapia Tântrica, Cura Quântica, Respiração Transcendente, Vipassana Healing Method, Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais), Apometria e Meditação Vipassana.
Recebeu ensinamentos do mestre budista Theravada Walpola Kalyanatissa (guardião da relíquias de Budha), no Sri Lanka.
Faz canalizações desde 2013 e publica os textos canalizados no blog pramashanti.wordpress.com.
Seus textos já foram lidos por mais de 700 mil pessoas.
Ministra workshops, palestras e faz atendimentos.

 

Depoimentos:

08t19 Sirlane Souza.JPG

25 juliana.JPG

 01Turma01MarciaReginaPolido.JPG

 

02Turma01RoseGradella.JPG

Screenshot_2019-02-19-17-16-14.jpg

03Turma02CelsoMMJunior.JPG

 

04Turma02MonicaDeCarlos.JPG

 

05Turma10RosaniSilva.JPG

 

06Turma01MarciaReginaPolido2.JPG

 

07Turma05CidaPaiva.JPG

 

02 Leonardo.JPG

 

08turma10debora.JPG

 

09Turma12Laudy.JPG

 

10turma12gabi.JPG

 

11turma13Regina.JPG

 

12turma13evelyn.JPG

 

03 Leonardo.JPG

 

13turma14luciana.jpg

 

14turma14julioCesar.jpg

 

14turma14rosamaria.jpg

 

15turma15nelson.jpg

 

16turma15anaPaula.jpg

 

17turma16anaFlavia.jpg

 

18turma16evaldo.jpg

 

19turma16rosana.jpg

 

Seja a gota no Oceano

1901544_638245076264739_8120769915526900130_n

Todos querem ser felizes, procuram a felicidade.

Já devem saber que ela não está fora de vocês, está em seu interior, no seu sentir.

Sentir … dominar seus sentimentos e sentir-se feliz, seria muito simples.

Ou é muito simples !

Porque vocês não conseguem ?

A felicidade abre as portas para a realização, torna vocês Deuses.

A tristeza abre as portas para a terceira dimensão, para a satisfação pelos desejos efêmeros, pelo apego a matéria e por este vício de prazeres fugazes. Sim um vício, porque torna você dependente e dificulta sua realização como Deus. Coloca você na roda do sofrimento e do apego.

Então, porque não escolher ser feliz ?

Parece tão simples que deve lhes parecer quase impossível !

A simplicidade traz dentro de si a magia, e encontrá-la requer uma entrega.

Se entregue, acredite, livre-se do apego e venha para o nosso mundo, passe a viver do hoje e do agora.

Seja verdadeiramente livre, eleve-se e sinta o fluxo, as ondas do grande éter, seja um com ele e ele será você.

Se entregue verdadeiramente, seja o éter e você será ele.

Desperte seu poder criativo e faça o seu mundo, basta que você acredite e venha.

Seja a gota, mergulhe no oceano e torne-se o oceano …

através de Prama Shanti em 16/06/2015
(sobre a autoria …)


* Participe de nossos workshops, 
   acelere a sua transformação de consciência,
   seja mais Feliz e faça a diferença no mundo !

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração, meditação budista tradicional,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • Reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica,
  • “Respiração dos 7 Chacras”,
  • alinhamento e energização dos chacras.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

O Parceiro Certo

hjgf 800

Somente uma pessoa amorosa,
aquela que realmente é amorosa,
pode encontrar o parceiro certo.

Essa é minha observação:
se você está infeliz você irá encontrar alguém também infeliz.
Pessoas infelizes são atraídas pelas pessoas infelizes.
E isso é bom, é natural.
É bom que as pessoas infelizes não sejam atraídas pelas pessoas felizes;
senão elas destruiriam a felicidade delas.

Está perfeitamente bem.
Somente pessoas felizes são atraídas pelas pessoas felizes.
O semelhante atrai o semelhante.
Pessoas inteligentes são atraídas pelas pessoas inteligentes;
pessoas estúpidas são atraídas pelas pessoas estúpidas.

Você encontra as pessoas do mesmo plano.
Então a primeira coisa a lembrar é:
um relacionamento está fadado a ser amargo se ele surgiu da infelicidade.

Primeiro seja feliz, seja alegre, seja festivo
e então você encontrará alguma outra alma festiva
e haverá um encontro de duas almas dançantes
e uma grande dança irá surgir disso.

Não peça por um relacionamento a partir da solidão, não.
Assim você estará indo na direção errada.
Então o outro será usado como um meio e o outro lhe usará como um meio.
E ninguém quer ser usado como um meio!
Cada indivíduo único é um fim em si mesmo.
É imoral usar alguém como um meio.
Primeiro aprenda como ser só.
A meditação é um caminho para ficar sozinho.

Se você puder ser feliz quando você está só,
você aprendeu o segredo de ser feliz.
Agora você pode ser feliz acompanhado.
Se você é feliz, então você tem alguma coisa para compartilhar, para dar.
E quando você dá, você obtém; não é de outra maneira.
Assim surge uma necessidade de amar alguém.

Geralmente a necessidade é de ser amado por alguém.
É a necessidade errada.
É uma necessidade infantil; você não está amadurecido.
É uma atitude infantil.

Uma criança nasce.
Naturalmente, a criança não pode amar a mãe;
ela não sabe o que é amar e ela não sabe quem é a mãe e quem é o pai.
Ela está totalmente desamparada.
Seu ser ainda está para ser integrado; ela ainda não está reunida.
Ela é somente uma possibilidade.

A mãe precisa amar,
o pai precisa amar,
a família precisa banhar a criança de amor.
Agora ela aprende uma coisa: que todos têm que amá-la.
Ela nunca aprende que ela precisa amar.
Agora a criança irá crescer
e se ela permanecer presa nessa atitude
de que todo mundo tem que amá-la,
ela irá sofrer por toda sua vida.
Seu corpo cresceu,
mas sua mente permaneceu imatura.

Uma pessoa amadurecida
é aquela que chega a conhecer a necessidade do outro:
que agora tenho que amar alguém.
A necessidade de ser amado é infantil, imatura.
A necessidade de amar é maturidade.

E quando você está preparado para amar alguém,
um belo relacionamento irá surgir;
de outra maneira não.

Osho

Participe de nossos workshops, 
acelere a sua transformação de consciência,
seja mais Feliz e faça a diferença no mundo !

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração, meditação budista tradicional,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • Reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica,
  • “Respiração dos 7 Chacras”,
  • alinhamento e energização dos chacras.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com. 

Viver Conectado

1601578_697788606939674_1327456508_n

Estamos todos conectados, somos um, somos raios de uma mesma luz, mas nos afastamos de nossa fonte e percorremos o caminho de volta. Vivemos ao lado de nossos pares, cercados de outros raios e negamos nossa origem.

Negando nossa origem, negamos o que nos une aos outros raios e nos isolamos. Ficamos isolados dos outros à nossa volta e isolados de nossa fonte. Tornamos-nos um nada, sem conexão com nada, perdidos e isolados de tudo que nos cerca, inclusive com a natureza e com o planeta.

Como pode um ser neste Universo pretender ser alguma coisa sem conexão com nada do que está à sua volta ?

Mesmo o Todo está conectado e retira sua força e sua energia destas conexões. Como pode alguém querer ser mais do que o Todo ?

Conecte-se, retorne a sua fonte e a partir dela poderá se conectar com todos os outros raios, com toda a sua humanidade, com o seu planeta e com o Universo, e sentir o que é Ser Um, Ser Deus.

Você precisa fazer o caminho de volta a sua origem para voltar a ser alguma coisa. Tudo neste Universo é construído para existir em conexão com o Todo. Apenas a infinita bondade deste Todo absoluto pode permitir que algum ser exista desta forma, desconecto.

Você também está separado de você mesmo, quando foi a última vez que se sentiu, parou para se observar, analisar suas sensações e sentimentos, ver o que o seu corpo sente ?

Você tem um longo caminho de volta, e é bom que não tarde a voltar !

Comece por você, o próprio Universo está dentro de você. Então, tire um tempo para você, observe-se e descubra quem você é.

Se conseguir fazer isto com seriedade, sentir-se, olhar seu interior e observar seu corpo, vai ter belas surpresas e poderá descobrir um novo Universo !

através de Prama Shanti
(sobre a autoria …)


* Participe de nossos workshops, 
   acelere a sua transformação de consciência,
   seja mais Feliz e faça a diferença no mundo !

Prama Shanti: atendimento em São Paulo:

  • consultoria e aconselhamento;
  • atendimentos individuais com técnicas energéticas:
  • coerência cardíaca, respiração, meditação budista tradicional,
  • Tri-EB (reprocessamento da informação por estímulos bilaterais),
  • Reiki, imã-toque, cura prânica, cura quântica,
  • “Respiração dos 7 Chacras”,
  • alinhamento e energização dos chacras.

Agende uma palestra gratuita em sua instituição.
Informações: pramashanti@gmail.com.