O Processador de Pensamentos

As estruturas físicas de memória não são verdadeiramente estruturas de memória.

A memória fica armazenada nos corpos sutis. As estruturas físicas são apenas processadores especializados destas memórias, que por sua vez também estão alinhadas, sincronizadas com corpos sutis específicos.

Como tudo na natureza, o conceito numérico, discreto, não existe. Vocês possuem milhares de corpos sutis. Ao longo de sua história algumas regiões específicas destes corpos foram identificadas e mencionadas como sendo um único corpo. Nascendo aí esta contagem de sete ou nove corpos.

Todos os corpos possuem sua estrutura de memória própria e armazenam todos os acontecimentos, sensações, emoções, aprendizados, conhecimento e sabedoria. À medida que os corpos vão se tornando menos densos e mais sutis, sua estrutura de memória vai se tornando mais especializada e guardando uma síntese da memória do corpo anterior. Os detalhes vão se perdendo e a sabedoria vai aumentando.

Diferentes dos sistemas de processamento que vocês utilizam, aqui as memórias não são simplesmente dados estáticos. Elas são armazenadas como entidades vivas, possuem vida própria e lutam por seu espaço. São ativas, não são apenas informações, são entidades criadas pelas emoções e interagem entre si causando novas resultantes. O resultado final, na camada mais elevada será a personalidade, mas a vida existe desde os níveis mais inferiores de memória. É um universo complexo em constante interação.

O cérebro físico recebe estes entes, lhes dá manifestação e permite que evoluam. Assim cada pensamento vivo possui sua própria trajetória de evolução. Eles são criados a cada nova emoção e iniciam seu ciclo evolutivo. No decorrer deste ciclo acabam fundindo-se com outros pensamentos semelhantes pela regra de identificação.

Cada vez que um pensamento vivo ganha manifestação através do cérebro, procura aprender mais, captar mais informações, interagir com seus pares e evoluir. Se não houver nada para aprender, nenhuma informação nova, ele ficará estático.

Se este pensamento vivo for danoso, e causar sofrimento ao seu hospedeiro, precisará receber condições de evoluir. Se for atacado por terapias inadequadas, ele se refugiará ou se esconderá temporariamente para se defender. Falar sobre ele como fazem determinadas terapias terá apenas um leve efeito, como se o estivéssemos massageando, mimando e agradando, mas não estaremos favorecendo a sua evolução. Para que ele evolua é necessário dar-lhe vida, condições de manifestar-se. Ele precisa viver abrir-se neste universo de pensamentos, interagir com seus semelhantes. Precisa ser acordado, receber impulsos externos para que se manifeste.

Na pratica, ele precisa ser vivenciado novamente e paralelamente receber novos impulsos do meio exterior, para que se abra, compartilhe experiências com outros pensamentos e se transforme. Desta forma, compartilhando experiências com pensamentos saudáveis, ele aprenderá e fará sua evolução para formas mais saudáveis.

Entendam que seu cérebro não possui inteligência. O cérebro não é como seus computadores que possui um núcleo ativo que processa dados inativos. O cérebro é apenas uma estrutura estática, uma terra adubada pronta para permitir que nasçam novos pensamentos, receber uma população de pensamentos vivos e permitir que eles interajam entre si, recebam informações do meio externo e evoluam.

Você é cada um destes pensamentos e sua expressão é a resultante da totalidade deles. Você é uma legião de pensamentos em constante interação. Dentro de você existem várias formas de pensamento, desde os mais danosos e perversos até os mais elevados e altruístas, e o resultado desta expressão é o seu eu.

através de Pramashanti

(No início do texto, abaixo do título, há uma opção para você deixar seu comentário, perguntas ou sugestões. Agradecemos sua participação.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s